quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

O GOLPE DO PT EM ITAJAÍ

[Sobre o título desta nota, veja nota do PT de Itajaí, abaixo]

A notícia “União deve assumir reforma do porto”, publicada no Jornal de Santa Catarina de hoje, é auto-explicativa. O PT perdeu as eleições em Itajaí e ficou com muita, mas muita raiva do pobre povo itajaiense, que ousou escolher outro candidato que não o iracundo Volnei Morastoni. Aí o ex-superintendente do Porto, Décio Lima (PT), coincidentemente também um candidato a prefeito derrotado (em Blumenau), vem com esta proposta que tem todo o jeito, a aparência, a cor e o cheiro de golpe: federalizar o porto municipal de Itajaí faltando poucos dias para que o prefeito do PP assuma.

Falam, pra enganar os tolos, que será “temporária” a transferência. Acredite se quiser. Notem que o título da matéria já supõe questão vencida e decidida. No texto vê-se que ainda é apenas uma proposta, um balão de ensaio, em que um deputado diz o que o Lula teria dito. Naturalmente, se houver alguma reação forte, Lula dirá que não disse e que o amigo interpretou mal suas palavras. Se tiver apoio, fortalecerá, no tapete dos gabinetes, os correligionários que levaram uma surra nas urnas.
INFRA- ESTRUTURA
União deve assumir reforma do porto
Decreto presidencial passaria gestão do terminal para o governo federal

BLUMENAU - O presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve assinar nos próximos dias decreto federalizando a administração do Porto de Itajaí, que hoje é municipal. A idéia foi levada ao presidente ontem à tarde, pelo deputado federal Décio Lima (PT), que foi superintendente do porto entre 2005 e 2006.

– O presidente gostou da sugestão e comprometeu-se a implementá-la – disse Décio.

A vantagem da mudança seria a agilização dos investimentos na recuperação do porto, afetado pelo desastre natural da última semana. Caso permanecesse sob responsabilidade do município, a transferência dos recursos por parte da União dependeria da assinatura de convênios, e estes precisariam ser aprovados pela Câmara de Vereadores de Itajaí.

– Isso não ficaria pronto antes de março de 2009 – cogita Décio.

O prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, apóia a iniciativa, lembrando que o porto tem importância estratégica para todo o país. A transferência da gestão, porém, deverá ser temporária. Quando finalizar os investimentos, o governo federal deve devolver a administração para o município.”

EM TEMPO – Enquanto o PT estava na prefeitura, o fato do porto ser municipal não era nenhum empecilho para receber obras e verbas federais. Ao contrário. Muito menos a Câmara de Vereadores era vista como um obstáculo ao crescimento do porto. Mudaram de idéia agora, a menos de um mês da posse do adversário.

ATUALIZAÇÃO DAS DUAS DA TARDE

O presidente do PT de Itajaí manda cartinha pra dizer que o PT não tem nada a ver com o que seu deputado federal está dizendo ou fazendo. A coisa, então é ainda mais grave: se o PT local não quer a federalização, por que o Décio Lima fez uma proposta que desagrada à situação e à oposição?

De quebra, o Damo aproveita pra tentar me alfinetar (diz que eu estou eufórico com a volta do PP ao poder) e envia um link para uma matéria do Diarinho de 2004 naquela linha do “não pegue no meu pé porque meu antecessor fez pior”, que é uma defesa política que o PT consagrou.
“Ah, César, o PT não tem nada com isso... que bobagem... aliás, eu - que presido o PT aqui - sou favorável à manutenção do porto municipalizado.

não deixe que a tua euforia em ver a direita chegar ao poder na cidade comprometa teu compromisso com a verdade...
abraço,

Felipe Damo.
Presidente do PT - Itajaí
recordar é viver: http://www.diarinho.com.br/exclusivo/2004/1809/geral.html

Esse link aí em cima remete ao arquivo do jornal, para assinantes. Mas dá pra ler a matéria do “recordar é viver” sem senha aqui.

E por falar em recordar: o DIARINHO era odiado pela turma do Jandir, no final do mandato dele, mais ou menos da mesma forma que a turma do PT acha o jornal partidário hoje. Esta é uma característica da independência: quem está no poder sempre acha que o jornal está fazendo o jogo da oposição. E quem está na oposição tem a ilusão que o jornal está a seu favor. Daí quando os papéis se invertem e o crítico continua onde sempre esteve, muda também a forma de encarar a crítica.

O Jandir e seu pessoal sabe que a partir de janeiro não terão, no DIARINHO, um amigo bonzinho. Assim como o PT e o Volnei deveriam saber que não têm, no jornal, um inimigo. E eu, cá do meu canto, sempre disse que sou do contra.

ATUALIZAÇÃO DAS QUATRO DA TARDE

Parece brincadeira: o deputado Décio Lima (PT) deu a informação para o Santa ontem à noite e viajou para o exterior! Hoje estava incomunicável. Largou a bomba e deu no pé. Como o PT de Itajaí diz que não tem nada a ver com isso e na cidade ninguém mais sabe do assunto, que seria mesmo apenas obra e graça do Décio, estão todos no ar, sem saber, afinal, que história é essa. Não é demais?

9 comentários:

Anônimo disse...

Brincadeira. Até eu que votei no Lula ando chamando essa gente de PETRALHAS.

Graças a Deus uma nova eleição está chegando. PT NUNCA MAIS !!!

Milhouse disse...

É UMA FALTA DE VERGONHA DESSE DEPUTADO METIDO ATÉ O PESCOÇO NA LAMA DA OPERAÇÃO INFLUENZA QUE TERMINOU COM O AFASTAMENTO DO SUPERINTENDENTE DO PORTO DE ITAJAÍ. É UM TAPA NA CARA DA DEMOCRACIA QUE ELEGEU MUDANÇAS NESSA POSTURA DE ADMINISTRAR UM PORTO QUE FOI MUNICIPALIZADO COM O SUOR DE TODOS OS ITAJAIENSES. ISSO NÃO TEM O MENOR CABIMENTO. QUEM NÃO VÊ QUE ISSO É APENAS A FORMA QUE O PT ENCONTROU DE MANTER A TETA DESNUDA.

Anônimo disse...

Ah, César, o PT não tem nada com isso...que bobagem...aliás, eu - que presido o PT aqui - sou farorável à manutenção do porto municipalizado.

não deixe que a tua euforia em ver a direita chegar ao poder na cidade comprometa teu compromisso com a verdade...

abraço,

Felipe Damo.
Presidente do PT - Itajaí

recordar é viver: http://www.diarinho.com.br/exclusivo/2004/1809/geral.html

Anônimo disse...

Se acontecer é porque merecem.

Anônimo disse...

Pô, esse cara ainda tá nessa de direita ou de esquerda? Hj, o PT é o que? centro?

Anônimo disse...

É muita cara de pau esse pessoal que se acomodou no poder falar mal da "direita" e das "elites" !
Será que eles acreditam que são de "esquerda", ou simplesmente não vêem de que lado estão ?
Enquanto o Senador Paulo Paim do PT comanda a luta para os aposentados terem o mesmo reajuste do salário mínimo, a nossa Senadora "de esquerda" é contra, acusando o Paim de estar se promovendo para ser governador !
Numa reunião no Senado, quando o Mercadante começou a desancar as "elites dominantes" o também petista Delcídio do Amaral alertou o companheiro para não esquecer que agora as "elites dominantes" eram eles, e o Mercadante silenciou !

Anônimo disse...

Cesar, descobri uma preciosidade, olha o que o blog do CORONEL publicou, pra completar aqui no Brasil do governo "NUNCA NESTE PAIS", aqui nada se cria tudo se copia e se posivel do amigo Chavez.
Eu estou entendendo errado ou realmente o LULANUNCANESTEPAIS esta querendo fazer a mesma coisa que o chavez fez com os opositores de seu governo, federatizando o porto de Itajai.
---------------------------------
TEXTO DO BLOG DO CORONEL:
Falta de democracia.

Lembram quando Lula dizia: "podem criticar o Chávez por qualquer outra coisa, inventam uma coisa para criticar. Agora, por falta de democracia na Venezuela, não é"? Além de decidir realizar novamente o plebiscito que derrotou as suas pretensões de ficar indefinidamente no poder, contrariando a vontade da população venezuelana, agora Chávez ameaça prender os opositores que venceram as eleições para prefeito e governadores, há poucos dias atrás. Exemplo: sabem o que o Chávez democrata, elogiado por Lula, está fazendo em Caracas, a capital do país, onde foi fragorasamente derrotado? Encampou cerca 30 hospitais, o canal Ávila TV, 22 cartórios públicos e todas as 93 escolas da rede metropolitana.Ao todo, o governo distrital -que coordena cinco prefeituras e uma população de 2,1 milhões- terá de 25 mil a 30 mil funcionários a menos, segundo estimativa de Ledezma, que toma posse neste sábado -não há período de transição para governadores e prefeitos na Venezuela. Só na rede escolar, o Ministério da Educação incorporou mais de 50 mil alunos e cerca de 4.000 professores. Nacionalizou toda a saúde, a educação e a segurança. A posse do novo prefeito será feita em um auditório emprestado, pois Hugo Chávez tomou o local onde funcionava o Conselho Metropolitano de Caracas. A Venezuela caminha para uma ditadura, com o apoio, quem diria, de governantes como Luiz Inácio Lula da Silva.

É como se Lula, ao perder as eleições para Kassab em São Paulo, federalizasse a saúde, a segurança e a educação, para esvaziar a prefeitura, além de intervir na TV Cultura e de nacionalizar prédios públicos cedidos à cidade.
Postado por Coronel às 09:02:00 11

Ilton disse...

Faz tempo que este Governo toma medidas anacrônicas e as qualifica de moderna. Enquanto, no mundo inteiro, se procura dar mais autonomia a Municípios, cuja administração tem contato direto com seus habitantes e, por isto, conhece melhor seus problemas, no Brasil do PT procura-se cada vez mais a centralização. Todo o poder na mão de uns poucos, ou de um só. É mais fácil de lidar com o dinheiro... Abraço, ainda de Rio do Sul.

Anônimo disse...

O único problema da municipalização é que as comadres todas se conhecem, na hora do "vamos ver" ninguém põe o dedo na ferida e a imprensa (com honrosas exceções) não tem coragem de denunciar nada, pois também é amiguinha da galera e frequenta os mesmos círculos sociais.