quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Os dois lados da moeda

Lado Um

Nota do blog do Moacir Pereira:
Brilha SC

A campanha publicitária produzida pela equipe do premiado Nizam Guanaes foi exibida esta tarde em São Paulo a um seleto grupo de 20 empresários, os presidentes das principais indústrias e empresas do setor turístico.

A mensagem começa a ser veiculada amanhã nas emissoras de rádio e TV de São Paulo. Tem a participação de Guga Kuerten, Felipe Massa e Rubinho Barrichelo.”
Antes de mudar o lado do disco, para entender a conexão entre uma e outra coisa, vale lembrar que Nizan Guanaes dirige um conglomerado milionário de publicidade do qual fazem parte as agências de propaganda Africa, DM9 DDB, MPM e Loducca. Anotaram o nome DM9 DDB?

Lado Dois

Nota divulgada hoje pela Justiça Federal da 4ª Região:
Filmagem de helicóptero no Parque Nacional dos Aparados da Serra gera indenização

DM9 DDB e Conspiração Filmes deverão pagar R$ 50 mil por danos ao parque nacional

A 4ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) determinou que a DM9 DDB Publicidade e a Conspiração Filmes paguem uma indenização de R$ 50 mil por danos causados ao meio ambiente durante filmagens realizadas no Parque Nacional dos Aparados da Serra, localizado na divisa dos estados do RS e de SC. Em 1996, as duas empresas realizaram imagens para um comercial de cigarro, utilizando um helicóptero que sobrevoou um dos canyons localizado dentro do parque, causando desmoronamento de rochas. A decisão unânime foi publicada hoje (10/12) no Diário Eletrônico da Justiça Federal da 4ª Região.”
Para ler a íntegra clique aqui.

6 comentários:

Eloy Figueiredo disse...

Olá, tio Casar!

Casulamente, depois de muito tempo, escrevi sobre o comercial de 30s que parece ser da DM9DDB e que esta no ar!

VT de 30' TELEFÔNICA


Há uns 18 anos atrás numa reunião de Alcoólicos Anônimos, um palestrante fazia uma comparação entre o alcoólico e uma pessoa que corre no meio de carros numa avenida como a nossa Beiramar Norte.

Dizia ele, o palestrante, que este rapaz tinha compulsão em correr quase todos os dias no meio dos carros, mas que nos finais de semana eram várias vezes. Seus parentes e os transeuntes que aquilo assistia tinham certeza que esta aventura não terminaria bem.

E num belo dia, uma sexta-feira ele foi atropelado, quebrou todo, pernas e braços. Seus parentes e os amigos pensaram: “Depois desta, ele nunca mais corre no meio dos carros.” Ele mesmo prometia: “Nunca mais corro no meio dos carros!”

Meses depois de curado lá estava ele novamente correndo entre os carros e mais uma vez ele é atropelado e desta vez o acidente é mais grave, ele ficou em coma vários dias, teve costelas e novamente os braços quebrados. As pessoas pensaram novamente “ele nunca mais correrá no meio dos carros, isto servirá de lição” e ele novamente prometeu, “Nunca mais corro no meio dos carros!”

Outra vez, tão logo ficou curado, lá estava ele correndo no meio dos carros. Só que agora quando novamente é atropelado, ele morre e o carro que o atropelou se desgoverna e todos que estavam nele morrem também!

Dizia o palestrante, neste paralelo, que é mais ou menos o que acontece com o alcoólico, ele toma todas, quebra tudo dentro de casa ou no bar, bate na mulher xinga os filhos faz o maior escândalo. Depois deste escândalo que os parentes e os vizinhos assistem, eles pensam que depois disto ele nunca mais vai beber e ele jura isto. Passados algumas semanas, tudo se repete.

Mas como todo alcoólico, ele acaba e morrendo num acidente, e como eles nunca morrem sozinhos, levam com eles pessoas que não tinham nada a ver com suas bebedeiras.


Contei tudo isto porque este comercial da Telefônica na TV mostra um rapaz correndo no meio dos carros, então fiquei pensando... Será que o Diretor de Criação também conhecia esta historinha e recaiu???

Abraços,

Eloy

Anônimo disse...

cesar li no paulo alceu!!!!
OLHA O ESCANDALO!!!!!!!!!!!!!!!

Depois de dois anos de audiências, investigações e depoimentos a CPI da Zona Azul, que foi criada baseada em denúncias contundentes do presidente do Ipuf, Ildo Soares, acabou em "pizza fatiada". O relatório original assinado pelo vereador Aurélio Valente com apoio do vereador Márcio de Souza teve dois itens suprimidos pelos vereadores Alceu Nieckert, Dr. Juca e Hazael. Tiraram a denúncia contra uma servidora do órgão e contra o prefeito Dário Berger, que durante a CPI evitou o enviou de documentos para análise e averiguações. Agora os dois relatórios serão encaminhados ao Ministério Público, que certamente não analisará com base em sentimentos emocionais, nutridos por alguns vereadores para justificar voto contrário, ou interesses político de olho em vagas no futuro colegiado. O assunto é grave. Foi denunciado por uma pessoa responsável. Havia uma suspeita forte de duplicação de cartelas na Zona Azul permitindo uma arrecadação paralela. Alguém estava levando dinheiro público ilegalmente. De repente a Polícia Civil não concluiu a investigação para verificar a duplicidade e a falsidade. De repente o denunciante silenciou, como se nada tivesse acontecido. De repente os vereadores governistas abafaram a CPI. Mais uma ação da ilustre Câmara de Vereadores de Florianópolis.


Lamentável

Ainda sobre a CPI da Zona Azul o líder do governo vereador Alceu Nieckert foi digamos, infeliz, ao justificar que a função do vereador é de apenas fiscalizar e não investigar. Quando designado para integrar uma CPI, que significa Comissão Parlamentar de Inquérito, o parlamentar também tem a função de investigar e colher provas extraindo, inclusive, o contraditório nos depoimentos. Para que serve uma Comissão Parlamentar de Inquérito senão investigar. Infelizmente tem muita gente no Parlamento que de repente não sabe exatamente funções que lhe cabe.


MARCOS FLORIPA

Anônimo disse...

Tio cesar sei q o post não cabe aqui mas escutei agora na tv q foi encontrado morto o ex-marido da atriz Suzana Vieira - Marcelo Rezende.




Claudio fplois

Cesar disse...

Claudio, o ex da Suzana que foi encontrado morto é Marcelo Silva. Marcelo Rezende é jornalista, está vivo (até onde sei) e não foi ex da atriz.

Anônimo disse...

A nota do Marcos Floripa que está na coluna do Paulo Alceu, tem erro no nome do presidente do IPUF, que é Ildo Rosa e não Ildo Soares !
Tem gente dizendo que esse esquema de desvio de recursos era a contribuição da Zona Azul para a eleição de uma dobradinha de deputados, estadual e federal, que tinha comitê ao lado da sede da AFLOV !
Como eles foram eleitos... nada mais a investigar !
O escândalo é a denúncia ter partido do presidente do IPUF que se exonerou do cargo e depois voltou atrás da exoneração, com a condição de poder apurar a denúncia !
E agora presidente, teve ou não teve desvio ? como explicar então a posição do líder do seu governo na Câmara ???

Anônimo disse...

desculpe tio cesar ter trocado o sobrenome mas ele é ex- marido de Suzana Vieira sim.




Abraços,


Claudio