segunda-feira, 3 de novembro de 2008

O PROBLEMA DA SOBREVIVÊNCIA...

Daqui a pouco iniciarei uma experiência (mais uma!) aqui no blog: um espaço para anúncios comerciais. Estava resistindo a isso, mas trata-se de uma questão inevitável: é preciso descobrir alguma forma de obter retorno do trabalho na internet. No meu caso, sou remunerado pelo Diarinho (o Diário do Litoral), para fornecer uma coluna diária e uso, no blog, boa parte do que publico lá. E vice-versa. Mas, a rigor, a atenção que dou ao blog é trabalho voluntário não remunerado. Como resultado, sempre que tenho outro trabalho ou algum frila para revistas e jornais, deixo o blog de lado.

Este espaço de anúncios gerenciados pelo Google que abrirei é coisa que só dá algum resultado se um número muito grande de freqüentadores do blog os usarem como porta de acesso para aqueles sites. Mas também só dá pra saber o tamanho do resultado se experimentar por um tempo.

Enquanto isso, vamos pensando em outras possibilidades. Se vocês tiverem alguma idéia, também podem ajudar. Não quero chegar ao ponto do Mosquito, que colocou o número da conta bancária para que os leitores o ajudem a pagar as contas. Mas acho que o volume de tráfego que o blog tem (perfeitamente mensurável e comprovável) pode interessar algum empreendedor.

Manterei vocês informados sobre o andamento das experiências.

10 comentários:

Anônimo disse...

Espero que dê, pelo menos, prô gelo.
Strix.

Schneider disse...

A verdade é que jornalista não sabe ganhar dinheiro. A maioria é assim. Deixe os excessivos escrúpulos de lado e chame "nossos comerciais, por favor"....
Nada mais justo.

amilton Alexandre disse...

Tio César, com três contas de luz atrasadas , três de água e sem dinheiro pra nada, tive que apelar para continhado banco. Tô nessa encrena de blog por tua causa também. Vai ser meu trabalho daqui pra frente. quem vai dar trabalho para um velho porralouca? Aproveito e peço ao leitores meus e teus que nos sjudem a sobreviver com rabo bem soltinho.

Eduardo Zinckel disse...

Nem pisca, Tio César, pode colocar comerciais sim! Este espaço precisa continuar a ser livre e democrático, com dignidade. Isso é o mais importante. Não tem nada de mais "anunciar".

Orlando Tambosi disse...

Vais ficar milionário, hehehehehe....

Anônimo disse...

Nada mais justo. Espero que tenhas mais sucesso ainda, e que este seja traduzido em $$. Mereces, sem ser bajulador...
Ah, para os sites cujo(a)s jornalistas / empresas são muito tendenciosos é simplesmente não acessá-los. Acho que um pageview é muito para dar a eles. E em alguns casos ainda reclamo diratamente à empresas que anunciam naqueles veículos tendenciosos. É o caminho (que vejo) para tentar melhorá-los.

Anônimo disse...

Caro Cesar,
Diria que este é um problema de "incompatibilidade de gêneros". O gênero "fazer arte" (ser jornalista é parte) não se coaduna com "fazer dinheiro". Arte é aquilo que se faz porque se gosta e que supomos trazer o bem, o prazer, a alegria e , até mesmo, a peocupação do cidadão politizado, sem compromisso com quem quer que seja, de modo gratuito, sem nada esperar em troca. Sempre desconfiei desses artistas excessivamente apegados aos direitos autorais ( está aí a tal de ECAD , outro caso a merecer uma notinha do Mosquito) . Eu sei sei que só posso dizer isso, porque além de pretenso artista ( em outra área), tenho outra profissão,mas, deves saber que tua maior satisfação não virá de um eventual lucro, mais , sim, da admiração dos teus leitores. Desejo sucesso nesse "plus a mais (?)" que estás iniciando, mas sei que não esperas muito. abr, waltamir

Frank disse...

Ué, vc q me ensinou q cobrar por um trabalho não é pecado. Eu lembro muito bem, mestre! Faz aí preu ver comé q faz.

Carlos disse...

De pleno acordo com a publicidade !
Nem relógio trabalha mais de graça, como era no tempo do relógio automático !
Não sei por que, mas talvez haja alguma dificuldade do blog conseguir publicidade oficial...
ksksks

Marta Leite disse...

Iniciativa apoiada caro Cesar!
Um grande abraço.
Maria Marta