quinta-feira, 27 de novembro de 2008

DIARINHO NA MIRA DO MAU HUMOR GAÚCHO

EM TEMPO – Acabei de verificar no arquivo do jornal e a manchete a que a campanha citada abaixo se refere foi publicada em dezembro de 2007! Claro, porque faz bastante tempo que o Figueira não ganha do Grêmio...

Uma manchete do DIARINHO acirrou os ânimos da brigada do ódio gaúcha, que está promovendo uma verdadeira “farra do catarina via e-mail”. Eles querem enquadrar o jornal em crime racismo por chamá-los de “gayuchos”.

E também porque colocou, em manchete, que “Figueira vai a Porto Alegre e come o fiofó dos gaúchos”.

Não se sabe se o que mais magoou os mal-humorados foi o resultado do jogo ou a publicação, na página de esportes, da grafia de “gaúcho” que o Diarinho, só pra inticar, usa há 30 anos: “gayucho”.

Olha só o que escreveram num site do "Movimento pela Independência do Pampa":
“Racismo anti-gaúcho se acirra ainda mais no Brasil
27 de novembro de 2008

Iniciada há mais de 20 anos, a campanha brasileira de discriminação e racismo contra o nosso povo e a nossa cultura há muito não conhece limites.

Os jornais tupiniquins fazem questão de deixar claro que o objetivo é mesmo discriminar e agredir, como neste exemplo do catarinense Diário do Litoral, de Balneário Camboriú. Envie o seu protesto contra este jornal brasileiro por e-mail ou telefone.

Só a restauração da independência da República Rio-Grandense vai eliminar de forma definitiva o racismo de que somos vítimas em pindorama, o país de faz-de-conta.”

Se eles não fossem tão birrentos, perceberiam que os catarinenses do litoral podem ser aliados na luta pela independência do Rio Grande do Sul. Por aqui também tem muita gente que gostaria de separar-se deles. Mas esta hipótese não é levada em consideração, porque eles querem a independência do Brasil, mas pretendem manter anexadas as praias catarinenses. Prova que eles podem até ser mal-humorados, mas não são tão burros quanto parecem.

ATUALIZAÇÃO DA SEXTA À TARDE


Sem querer colocar gasolina na fogueira e já acendendo até o fósforo, transcrevo trechinho de um dos e-mails irados que o jornal tem recebido por causa dessa campanha de ódio:
“Continuem destilando todo o ódio, inveja, racismo e ranço contra o nosso povo. Continuem nos lembrando que a ignorância e a mediocridade existem, mas... lembre-se do preço... tudo na vida tem um preço. Se não paga por fogo, paga por água.

Atenciosamente,
Sukhoi Berkut”

31 comentários:

Marcelo disse...

inteligente é tu né!!!

Anônimo disse...

À eles: Pimenta nos olhos dos outros é refresco...

Anônimo disse...

Discriminar a cultura deles? Olha só o que a RBS faz com a farra do boi (nossa cultura). Dizem que é coisa de bandido, coisa da idade média, fazem flagrantes como se fosse coisa espetacular, pressionam o ministério público, o judiciário, etc.. Enquanto isso, a cultura "deles" é respeitada por aqui, caso contrário, não teríamos tantos CTGs com rodeios que maltratam os animais. Por essas e outras é que ninguem por aqui leva esse pessoal a sério.

Anônimo disse...

Se gaúcho é birrento, catarinense é o que?? Burro?? PCom a enchente o estado que mais rápido se prontificou para ajudar foi o RS!! Já o LHS, Volnei e Lula demoraram pra acordar meu caro!!

Anônimo disse...

Ahahahaha. Maravilhoso.

Viva o Diarinho. Está fundado o Movimento em Defesa do Diarinho.

Vou fazer mais uma assinatura. Quero receber dois jornais por dia. Um eu leio e reciclo. O outro guardo pra mostrar pros meus netos.

Anônimo disse...

Cesar, não tou querendo entrar nessa querela de vocês, pois como carioca já temos a nossa preferida e chata, com os paulistas. Mas cá entre nós, a continua brincadeira com os gaúchos, pelotenses etc é mais para botequim. Não acho, na boa, que um jornal bacana possa encampar esse regionalismo tolo, nesses termos. Então, de vez em quando temos que dar o braço a torcer e nem entrar nessas picuinhas menores. É que nem o cara que bota apelido nos outros, é claro que não vai gostar, mas sempre será apelidado tb. Acabam perdendo os dois. Melhor é chamar cada um pelo seu nome e tamos feitos. Na concórdia vamos melhor, não acha?
Carlos X

Anônimo disse...

Têm que processar o Lulla que, em Pelotas, aaaantigamente, disse que o PIBrutus da cidade era baseado na exportação de Bambis.
Outra coisinha: Campanha lançada pela PGE (Procuradoria Geral do Estado) pede aos funcionários que doem kits higiene aos flagelados.
Só que no kit masculino consta papel higiênico e no feminino só absorvente.
Taí a intenção do LHS de que só homens podem fazer cagadas. Mulheres, só folha de bananeira.
Isto sim é discriminação.
Aos gaúchos o governo está esperando carregamento de sabugos de milho.

Anônimo disse...

Uma dúvida: Laguna foi fundada por gayúchos ou será que a Annita Garibaldi foi ao RGS tentar salvar o Pampa e desistiu depois que nasceu o Menotti e se mandou prá Itália prá salvar o filho do "rebolado".

Caio disse...

Chamar gaúchos de "gayuchos" e a manchete “Figueira vai a Porto Alegre e come o fiofó dos gaúchos” são absurdas em um jornal. Engraçadas, claro, mas totalmente impróprias.

Anônimo disse...

Ao anônimo 4:56 informo-vos que Porto dos Casais, posteriormente denominado Porto Alegre, foi fundado por colonizadores que partiram de Laguna em carroções via litoral (praias) parando por causa do Guaíba, bem antes de Anita.

E prá acabar com a "inguinorança": Prefiro as gauchas...casei com uma...e sem sotaque....hshshs

Carlos disse...

Mas que hora pra começar uma palhaçada dessas! Será que já não temos problemas suficientes por aqui para nos preocupar? O estado está de luto, um monte de gente perdeu tudo o que tinha, alguns até a vida, quase cem mil pessoas dependem da caridade alheia para continuarem sobrevivendo, sem saber o que vão comer hoje à noite, e levantam um assunto desses! Deve ser por isso que o Lula diz que está para nascer alguém que seja mais ético do que ele, com um povo desses ...

Anônimo disse...

Falou e disse, 5:32. Que baboseira essa conversa. Concordo contigo e com o Carlos X, lá em cima. Na concórdia a gente vai melhor. Essas picuinhas entre pessoas que nasceram em lugares diferentes são ridículas. Vamos mudar de assunto.

Anônimo disse...

Cesar, desnecessária a discussão e a manchete do diarinho é mais pra planeta e casseta. Quanto a sentirem-se ofendidos, acho que só os que estão com as arruelas soltas ou a rosca queimada ou queimando de desejo. Desnecessária a discussão. Quanto a separação, sou totalmente favorável e com exigência rigorosa de visto (de turista e por no máximo 30 dias) pra entrar no estado.

Anônimo disse...

Esse tipo de brincadeira fica boa entre amigos, mas jamais em um veículo de comunicação, que, até provem o contrário, deve ser algo sério. Acho que isso pouco inteligente, pois não deve aumentar muito o número de leitores. A propósito: sou catarinense.

Anônimo disse...

Pouco vejo de diferente entre essa manchete do Diarinho e as manchetes da RBS: Somente o linguajar; pois como disseram mais acima, eles podem nos "ensinar" a cultura deles, mas nós não podemos manter a nossa.

Anônimo disse...

O Diarinho mete o pau nos gaúchos e eles adoram.

Anônimo disse...

Decepcionante ver um jornal que tem uma proposta série, servir pra esse tipo de coisa menor. Sou de Florianópolis, amo os gauchos, paulistas, cariocas e todos os mais que enriquecem nossa terra com sotaques, costumes, gastronomia e tudo mais. O mais importante é que as pessoas se respeitem e compreendam que as diversidades (genética, cultural,etc)é o que faz a espécie humana ser forte.

Anônimo disse...

Tio César,

Delete este post. Não combina com a sua imagem.

Anônimo disse...

Cesar
Que post mais desagradável. E na hora errada. Não combina com o teu blog. Coisa de boteco de quinta. Lamentável.

Anônimo disse...

Nada a ver essa discussão despropositada sobre os nossos vizinhos gaúchos. Eu sou leitora assídua e me senti desconfortável com esse preconceito aí estampado.

Anônimo disse...

Êta povo estressado...não sabem relaxar em momento de crise? E a liberdade de expressão? Vocês não acham que estão levando à sério demais? Isto é coisa de nosso humor mané e diário....vão se catar!!! Não gostou?!! Não lê ...se leu e não gostou ...tira a bombacha ....larga esse chimarrão ..bota uma bermuda e pega uma água de coco e vai dar uma volta na praia ...já ...já...tu melhora tchê!!!

Anônimo disse...

Não tem preconceito nenhum não!Ísso tem que ser debatido, é uma coisa mal resolvida há anos, e a grande culpada desse entrevero todo é a dona RBS, que se recusa a aceitar as nossas tradiçoes, e tambem a contratar a nossa gente.Será que aqui só tem incompetentes?

Anônimo disse...

Cesar, reconheça que o momento é inadequado. Vc não tem que se intrometer, penetrar e injetar mais pressão na curriola pampeira. Se gostam de engatar à ré diz respeito exclusivamente ao proprietário do derriéri. Deixe eles darem em paz.

Anônimo disse...

Santa Catarina recebe 6,6 toneladas de alimentos do RS

Daniel disse...

Eu particularmente acho desnecessário este tipo de linguajar numa publicação de massa.

Faço a minha parte. Não compro o diarinho e pronto.

O dia que eles usarem um portugues mais coloquial, mas correto, acho até que eu compraria.

Cesar, não tras este tipo de coisa pra cá não.

Eu adoro piadas de gauchos, mas deixa pra roda de amigos em volta da churrasqueira.

Se quiser alfinetar eles, procura uma das inúras reportagem sobre a "viadagem" nos bailes dos CTGs. Achei otimo o depoimento de um Patrão, dizendo que tem homem se enfeitando mais que prenda pra dançar nos bailes. ahehaehaeha

Eles são que nem portugueses. Piada pronta.

Anônimo disse...

"Movimento pela Independência do Pampa": OLHA SÓ QUE COISA DE GENTE SIMPÁTICA!

A começar vamos esclarecer: a cultura gaucha pertence não somente ao POVO RIOGRANDENSE, mas a todo o POVO que cultua a cultura dos gauchos (Parte do Brasil, Argentina, Uruguai, ...), é muito mais que um território ao sul de SC.

Continuando: São estes mesmos (PARCELA DE RIOGRANDENSES) que acham que só eles tem cultura!

Esta PARCELA de cidadãos não se consideram Brasileiros. ACHO que o MINISTRO DA JUSTIÇA deveria ter uma conversa com o SETOR de IMIGRAÇÃO da Polícia Federal. HEHEHE....

MAIS: ESTA PARCELA (insisto) DE CIDADÃOS RIOGRANDENSES SE ACHAM OS DONOS DA RAZÃO - DISCRIMINADOS E VÍTIMAS! Acho que um cabo de enxada resolveria a baixo estima deles!

No entanto, o DIARINHO deve parar de usar a expressão GaYucho. Os povos latinos-americanos que cultuam as tradições, os usos e costumes do "SER GAÚCHO" agradeceria!

Anônimo disse...

O Diarinho não precisa desses artifícios pra fazer frente a RBS. Continuem com a qualidade e a criatividade, mas sem apelar para o chulo. Imagino que os jornalistas que produzem tais manchetes não batem no peito e dizem pro próprio filho: veja, esse é o produto do meu trabalho.

Anônimo disse...

6,6 toneladas doadas? Se cobrassemos pedágio e o ressarcimento do lixo que eles deixam por aqui, daria p/ comprar 1 milhão de toneladas.

Anônimo disse...

Desde quando gaúcho é raça. Daqui a pouco vão pedir COTA pra gaúchos nas escolas, nos concursos...

Anônimo disse...

A propósito da COTA PRA GAÚCHO, uma idéia GENIAL, se houvesse COTA o número de 'invasores'seria muitíssimo menor, a ocupação seria infinitamente menor e os problemas IDEM.

Anônimo disse...

Estou acompanhando as notícias da tragédia pela CBN/Diário via internet aqui do sul do estado .....mas báhhhh ....tá enchendo o saco este sotaque "portalegrense pseudointelectual mascando chiclé"!

Por favor ...isto é limpeza étnica (e ética também) dos meios de comunicação catarinense! Que lástima ...e alguns catarinas "lambe-botas" acham o máximo!!!

Alguém tem um link de alguma "rádia" lá do vale? Passa aí tio Cesar ... mas báhhhh!!