terça-feira, 11 de novembro de 2008

“RECEBI A PREFEITURA FALIDA!”

Um dos chavões de toda nova administração é reclamar da situação em que recebeu a prefeitura, o governo ou o País. No caso das reeleições, a situação fica um pouco mais engraçada, porque o sujeito terá que parar diante do espelho e xingar a si mesmo. Afinal, o “irresponsável” que deixou a cidade “em situação calamitosa, com os cofres vazios e devendo os tubos” foi ele mesmo.

É claro que, na prática, ninguém se abala com isso. É o melhor dos mundos: qualquer que seja o rombo ou o arranjo, tem tempo suficiente para ajeitar tudo e fazer de conta que nada aconteceu.

Em todo caso, o Jornal do Brasil publica hoje notícia sobre um levantamento feito pelo Centro de Estudos e Pesquisas de Administração Municipal (Cepam), da Fundação Prefeito Faria Lima, de São Paulo, que mostra a situação falimentar de cinco prefeituras de capitais: Belo Horizonte, Cuiabá, Florianópolis, Maceió e Salvador.

Como em quatro delas os prefeitos se reelegeram e em BH o prefeito eleito foi apoiado pelo que sai, nenhum drama resultará da situação. Até porque, como os dados referem-se a 2007, poderão dizer que em 2008 a situação foi resolvida, tudo melhorou e o “novo” governo iniciará com a casa em ordem.

EM TEMPO – Peguei a dica no blog Comentários, Blogs e Notícias, que tem, como endereço, cbndiario.blogspot.com. Esta é uma “brincadeira” estranha, já que o blog não tem nada a ver com a emissora de rádio da RBS em Florianópolis. Isso lembra os primeiros tempos da internet, quando “espertos” registravam domínios com nomes de empresas e personalidades nacionais e estrangeiras, para depois vendê-los a quem quisesse usá-los. Até que houve modificação na legislação e a coisa diminuiu. Bom, mas neste caso parece que não é nada muito grave. Provavelmente se trata apenas de um fã da CBN/Diário. Mas é claro que se o Brasil da Silva, que assina as notas, quiser ser levado a sério, vai ter que arranjar outro nome para o blog.

Um comentário:

Homero disse...

Podes não dar muita credibilidade, mas que são engraçados, a são....