segunda-feira, 16 de junho de 2008

O RECORDE DO FIREFOX

Ajude a fazer com que o Firefox 3 quebre o recorde de programa mais baixado em um dia: clique aqui.

Firefox é um excelente browser gratuito (de código aberto), concorrente do IExplorer da Microsoft. No mundo todo um número enorme de pessoas o está utilizando. Essa campanha aí, promovendo a versão 3, já tem uns 1,3 milhão de cadastrados.

Ah, e o principal: o grande dia é amanhã, 17.

Algumas informações adicionais, que garimpei no Globo Online:

Mozilla lança novo navegador Firefox 3 dia 17

Publicada em 13/06/2008 às 10h41m
O Globo Online


“RIO - A Fundação Mozilla confirmou que na próxima terça-feira, dia 17 de junho, lançará oficialmente a versão final (RC2) do navegador de internet Firefox 3. Após diversas atualizações-teste, o browser de código aberto chegaria ao mercado com sete vezes mais velocidade de acesso a sites do que o líder de mercado, Internet Explorer, da Microsoft, segundo informações da Times Online e do Cnet.com.

De acordo com os sites especializados, o novo Firefox 3 é capaz de carregar uma página de webmail em 60 milisegundos, contra 143 milisegundos registrados no Internet Explorer.

Na última semana, a Fundação Mozilla lançou na internet uma campanha em que convida os usuários de internet a baixar o novo Firefox e a bater o recorde mundial de downloads em 24 horas .

O software livre de código-fonte aberto, gratuito e produzido por uma comunidade aberta de programadores, vem ganhando popularidade desde que foi lançado, em 2004, como uma alternativa ao líder de mercado, Internet Explorer. O navegador é, desde então, considerado "universal" por ser capaz de rodar em qualquer sistema operacional, como Windows, Macintosh ou plataformas Linux.”

ANTES QUE ME ESQUEÇA

Alguém deveria dizer aos coleguinhas da RBS que seus programadores estão na contramão da história. É um dos únicos, senão o único site de notícias de uma rede importante, NO MUNDO!, a recusar-se a conviver pacificamente com o Firefox.

Quem tenta acessar os vídeos dos sites da RBS depara-se com essa mensagem pouco amistosa (e mentirosa, porque os plugins estão todos lá). E quem tenta seguir as instruções deles para “corrigir a falha” (a falha, parece, é não usar o programa da Microsoft), acaba tendo que baixar uns plugins estranhos, desaconselhados por gente de bom senso. O melhor mesmo é não baixar nada. E, quem tiver muita curiosidade pra ver os vídeos, usar o Explorer da Microsoft. Até que um dia eles, da RBS, saiam do atraso e venham para o mundo civilizado, onde estão o G1, a CNN, BBC e tantos outros, que aceitam o Firefox sem problemas.

6 comentários:

Orlando Tambosi disse...

Já tive o bicho, mas desisti: dava problemas. Me entreguei totalmente ao Bill Gates.

Cesar disse...

Tambosi, uso o Firefox há muito tempo. Tenho o Explorer na máquina, porque é parte mais ou menos indivisível do Windows. Mas, nos últimos dois anos, tenho recorrido ao navegador do Bill cada vez menos. Só para ver algum vídeo da RBS, por exemplo.

Evandro disse...

IE sempre correu atrás dos outros browsers e só está onde está porque vem de carona no virtual monopólio da MS. Agora com a versão 3 do Firefox, não há mais desculpa para não usá-lo. Hail Firefox!!!! :)

Elmo disse...

Caro Cesar,
Existe um conceito no Firefox chamado de complementos (add-ons), sendo que um deles faz com que esse navegador simule o Internet Explorer, minimizando problemas como o que vc mencionou a respeito do site ClicRBS.
Trata-se do IE TAB.
Por outro lado, concordo com vc plenamente de que qualquer portal deve testar suas páginas em todos os navegadores (o do Besc e Rádio Guarujá também não funcionam no Firefox).

Odilon disse...

Nesta semana, cheguei eu num consultório GINECOLÓGICO, acompanhando mha esposa, qdo presenciei a recepcionista mto mal educada batendo boca com uma paciente grávida, que, àquela altura já chorava, cobrando por estar, havia DUAS horas e meia esperando para ser atendida. A recepcionista mto grosseira desculpava-se por ter "perdido a agenda no computador", como se a paciente tivesse culpa disso. Fiquei mto indignado porém não interferi, preferindo não expor mha esposa, tbém grávida àquela grosseria e falta de respeito com pacientes que PAGAM suas consultas. Aquela, estava pagando para ser constrangida e desrespeitada. Fui embora e nunca mais piso lá.
Ora, vejam, onde nós chegamos!!!

Raphael27 disse...

Olá, bom dia.

Acabo de ver uma reportagem da RBS TV que mostrava Florianópolis como uma das 10 capitais mais dinâmicas do mundo.

A mesma reportagem citava que Florianópolis se tornou a "Sylicom Valley do Brasil", em referência à diversidade e quantidade de empresas de tecnologia da referida cidade.

Cita também Florianópolis como referência em cursos de tecnologia fazendo referência, claro, com a renomada UFSC

O Grupo RBS é um dos maiores conglomerados de redes de TV e prima pela tecnologia de ponta para oferecer o melhor produto, com a melhor qualidade a seus clientes. Por isso é a primeira colocada em diversas pesquisas sobre qualidade, confiança, credibilidade... etc, etc...

Agora a pergunta:

Por que não fazem a central de mídia da RBS funcionar com outros navegadores, como Firefox, por exemplo?

Não quero usar obrigatoriamente Windows, acho o Internet Explorer muito ruim e não concordo com a solução que apresentaram para ver os vídeos no Firefox.

Concordo com o Cesar Valente, pois sobretudo, tentamos ser diferentes no mundo dos iguais...