sábado, 21 de junho de 2008

ESSE AÉCIO...

Como o governador de Minas é visitante freqüente de Florianópolis e todos aqui o acham muito simpático, charmoso e elogiam seus talentos de namorador, achei que seria um bom programa, para o final de semana, mostrar um filminho que fala mal dele.

Não estou fazendo campanha contra o moço. O propósito de mostrar o filme é só dar uma sacudida naquele bom e velho ceticismo que não se deve deixar adormecer. Afinal, a única maneira da gente não ser feito de bobo é ficar, como os escoteiros, sempre alerta.



Quem me deu a dica foi o Paulo Dutra, que viu no site Blue Bus (especializado em notícias sobre publicidade e comunicação). Lá, numa nota no dia 13/6/2008, o vídeo é apresentado da seguinte forma:

Só noticias negativas sobre Aécio Neves veja integra do filme

08:24 Bom dia, este filme fala sobre as relaçoes entre o Governador Aécio Neves, TV Globo e o jornal Estado de Minas. E fala de censura no Brasil e do jornalismo comprometido da grande midia. Produzido para a Current TV, do ambientalista Al Gore, estreou dia 27 de maio na Inglaterra e já vinha sendo veiculado nos EUA desde o dia 20. Sob o titulo 'Gagged in Brazil' (Amordaçado no Brasil), foi realizado por Daniel Florêncio, cineasta mineiro radicado em Londres. Por enquanto ainda está disponivel no YouTube, veja clicando na imagem abaixo, é bem auto explicativo. Nao perca cada segundo.

E TEM MAIS!

O vídeo acima cita um documentário de estudantes de jornalismo, que já teria sido visto por mais de 80 mil pessoas no You Tube.

“O vídeo-documentário “Liberdade, essa palavra” trata de uma suposta restrição à liberdade de imprensa pelo governo Aécio Neves nos anos de 2003 e 2004. Foi feito como trabalho de conclusão do curso de jornalismo da UFMG por Marcelo Baêta e apresentado em banca em junho de 2006.”

Clique aqui para ir até o site onde está o documentário.

Naturalmente, os vídeos causaram uma reação, do governo e do PSDB. O partido diz que o vídeo é uma “fraude do PT” (hum, estaria aí a raiz do problema na coligação entre os dois partidos para a eleição municipal em BH?). E colocou no You Tube um vídeo “desmascarando” os denunciantes.

Esses vídeos “a favor”, com o contraponto (e com os entrevistados se desdizendo) estão também no mesmo site Amplifique.

4 comentários:

marcello disse...

Prezado Cesar
Muito bom rapaz! Só vc para mostrar a outra face do Aécio Neves! Mas cuidado! Estamos no Brasil, onde estão aplicando multa na Folha de São Paulo por fazer matérias sobre políticos...Abaixo a censura!

Anônimo disse...

A moda atual no PSDB é colocar a culpa no PT. Por tudo. Dessa prática o governador de São Paulo entende muito bem. Até o caso da Alstom é culpa do PT. No Rio Grande do Sul, não poderia ser diferente. E como se não bastasse, a grande mídia dá uma mãozinha, colando em manchetes de escândalos tucanos a sigla PT, de uma forma ou outra, às vezes atá absurda, como aconteceu no Jornal do Brasil, cujo título da matéria sobre o escândalo no RS dizia que a governadora é do PT.
Como complemento, não sou tucano tampouco petista. Muito menos demo. Com essa roubalheira generalizada, somos obrigados a ser apartidários, para não correr um risco maior de sujar o voto.

Anônimo disse...

Quase nenhuma diferença com o "daqui" (...)somente por não ser "charmoso"...

Anônimo disse...

César, sem citar nomes, sendo que um deles foi suplente de Deputado (dado a inúmeros vexames), mas, se vc checar os amigos desse Aécio aqui em SC, vai ver que ele não é preparado, é apenas marketing e história. O tempo vai se encarregar de mostrar isso.