terça-feira, 4 de março de 2008

QUANTO RISO...

Em comparação com o clima pesado da semana do julgamento no TSE, as fotos das atividades do LHS em São Joaquim mostram que, de fato, não tem mais tempo ruim. Uma boa trilha sonora para as risonhas fotos acima seria, por exemplo, aquela marcha rancho do Paulo Soledade, gravada pelo Altemar Dutra:
“Vê, estão voltando as flores,
Vê, nessa manhã tão linda,
Vê, como é bonita a vida,
Vê, há esperança ainda.”
Antes que algum engraçadinho pense bobagem, na foto do alto estão todos, muito concentrados, pregando o “pin” com a bandeirinha tremulando, na gola da nova secretária do desenvolvimento regional de São Joaquim, Solange Scortegagna Pagani.

E na outra foto, a nova secretária caminha, sob a proteção do governador, no “anel da maçã”. Não sei direito o que vem a ser isso, mas deve ser coisa da descentralização.

10 comentários:

Anônimo disse...

A alegria dele, talvez seja "não tem com o que se preocupar" Acredito que o valor da venda do "carrinho" da pobre esposa deu para pagar os custos advocatícios do processo de cassação, e o processo do trem da alegria o advogado do estado defende.
O TREM DA ALEGRIA, está em andamento, não foi brecado. Temo que todos os que foram nomeados para cargos de confiança, no segundo mandato do governo, poderão, ou já foram “lotados”, pois parei de consultar os Diários Oficiais, para anão ver mais tanta ilegalidade, as portaria podem já até ser sido publicadas. Na terceira reforma administrativa, o art. 188, abre possibilidade para serem “agraciados” também. Chama a atenção a interpretação que será dada ao referido artigo da LC 381 de 07/05/2007 que rege:

“Art. 188 – Os servidores públicos estaduais efetivos, em exercício nas estruturas transformadas OU NÃO(grifo meu) alteradas ou transferidas, poderão optar pela permanência ou não no seu órgão de origem, no prazo de sessenta dias a contar da publicação desta Lei Complementar”.

A história se repete – 1º lotam, depois são enquadrados – aumentam GENEROSAMENTE seus vencimentos – “incham as estruturas” – pois os cargos que ocupavam originariamente, ou seja, para os quais prestaram concurso, são preenchidos por outros servidores. “Ouve-se” comentários nos corredores que estão aguardando o julgamento das ações de inconstitucionalidade em trâmite, para lotar os que foram nomeados para cargos de confiança no segundo mandato de LHS. Se continuar assim, o governo precisará fazer rodízio nas repartições, ou seja, um grupo de funcionários vai trabalhar uma semana, na outra, outro grupo, caso contrário não tem espaço para todos nas já apertadas salas.
A proporção do TREM DA ALEGRIA é muito difícil de dimensionar, foram tantas ações em cadeia, pensadas para sempre para beneficiar os “correligionários”, sem pensar no desfalque que causaria ao erário público, sempre com ares de legalidade, sempre com o aval da Assembléia Legislativa, pois o governo tem a maioria na casa, tudo o que encaminha é votado E APROVADO.

Anônimo disse...

Titio Cesar: Esta nova Secretária de Desenvolvimento Regional de São Joaquim é nossa velha conhecida: Já foi Miss SC, há long time ago... Também já foi primeira-dama e Secretária de Ação Social da Prefeitura. Agora, feliz da vida com o salário e função recebidos no mais novo cabide de empregos da serra. Meus Deus pra que tanta SDR? Depois ficam aumentando os impostos e oferecendo serviços de péssima qualidade para o cidadão, sem falar nos escândalos de corrupção...
E o bigodudo ri que se acaba da nossa cara!!!

Anônimo disse...

A última da DESCENTRALIZAÇÃO para Joinville, que sempre é o centro das atenções do Luiz 15:
Decretar emergência energética para poder construir uma subestação sem licitação. Ou seja a Lei Federal 8666, foi para o espaço !
Segundo o jornal A Notícia, "Até o momento a Eletrobrás tem resistido às investidas do Estado, porque acredita que a obra pode custar até o dobro se for realizada sem licitação e em caráter emergencial e o alto investimento pode ser repassado ao consumidor final, o que resultaria no aumento das tarifas" POR TODA SANTA CATARINA !
Ou seja, se o Ministério Público e o Tribunal de Contas não agirem, VOCÊ, consumidor final, vai pagar por mais essa continha dos amigos do Rei !

Anônimo disse...

César, me perdoe, mas a trilha sonora ideal é de uma música bastante conhecida.
Esta aí:

Cordão dos Puxa-Sacos, de Roberto Martins e Frazão

"Lá vem o cordão dos puxa-sacos
Dando vivas aos seus maiorais
Quem está na frente é passado pra trás
E o cordão dos puxa-sacos
Cada vez aumenta mais"

Marcelo Santos

jânio disse...

Isso é uma corrente prá frente! Todos juntos na mesma emoção, invejosos!

Anônimo disse...

Confesso que antes desse evento do trem da alegria eu nunca havia acessado ao Blog desse jornalista. Tenho vindo amiúde pois pelo jeito é um dos independentes que REALMENTE informam o que anda acontecendo na governo, ou seja, o que o rei está fazendo com o nosso dinheiro. O que não esperava é que tivesse tanta falcatrua rolando. Meu Deus do céu, como são mal intencionados!!! EM QUE FRIA NOSSA SANTA (E BELA) CATARINA SE METEU!!!!!

Anônimo disse...

Agora é hora de lançar a campanha: " O QUE VOCÊ TEM A VER COM A CORRUPÇÃO, EXECUTIVO E LEGISLATIVO? BATER PALMA PARA A INICIAVA DESDE QUE NÃO SEJA TOCADO? SE INCLUIR NA LUTA CONTRA A CORRUPÇÃO PARA NÃO SER TOCADO? DAR OS LIMITES PARA QUEM PODERIA FAZER ALGUMA COISA? AMEAÇAR? PUXAR A REDE E ESTAR CHEIA PARA DESENROLAR? " O QUE REALMENTE SE QUER CONTRA A CORRUPÇÃO? FRASE DE EFEITOS???????

Anônimo disse...

Cesar, O Anel da Maçã citada na reportagem é a Rodovia pavimentada na atual gestão estadual onde escoa aproximadamente 40% da produção de maçã da cidade de São Joaquim. A obra foi definida como prioritária pelo Conselho de Desenvolvimento Regional e o povo Joaquinense agradece ao atual governador por proporcionar alívio aos produtores de maçã, que viam as frutas se estragarem ao serem transportadas. Apesar das críticas externads por pessoas, que pelo rancor apresentado devem ser apadrinhados pelo ex governador e perderam a boquinha. Acho que sem a descentralização essa obra jamais sairia, aliás, a região era esquecida pelo governo anterior, talvez pelos poucos votos que representa.

Anônimo disse...

Ô, anônimo das 9h40min, será que você ao menos sabe que os recursos para estas obras não têm nada que ver com Descentralização? Isso é do BID 4, programa contratado no governo Amin. Seu querido governador está fazendo cortesia com chapéu alheio, como de hábito. Cadê o BID 5? Cadê o o Microbacias 3? O Microbacias 2 eu sei. Foi contratado e iniciado no governo Amin. Apesar de gente como você não querer aceitar isso.
Marcelo Santos

Anônimo disse...

eu, heim? posso ter raiva de quem eu quiser, não tenho padrinho, não devo favores,não voto em ninguém...


Lia