quinta-feira, 13 de março de 2008

ASSIM É MUITO FÁCIL!

O ex-secretário-geral do PT Silvio Pereira (aquele que ganhou um Land Rover de uma empresa que presta serviços à Petrobras), fez um acordo com a Procuradoria Geral da República para se livrar do processo do mensalão. E iria ontem começar a pagar sua pena de prestação de serviços comunitários. Iria.

Ele chegou a ir à subprefeitura do Butantã, em São Paulo, para começar a trabalhar e cumprir sua dívida com a sociedade, mas deu olhada no que teria que fazer, virou as costas, embarcou no seu carrão (Land Rover?) e foi embora.

Silvinho não gostou o serviço e alegou ter vocação apenas para “crianças e cozinha”. “Nós não temos esses serviços aqui. Aqui ele faria monitoramento de serviços públicos, como asfalto, poda de árvore e outros”, disse um assessor da subprefeitura.

Monitoramento de serviços públicos em prefeituras, muitas vezes, significa apenas ficar de olho na turma que de fato trabalha. Pois nem isso o Silvinho Land Rover topou. Que coisa, né? Parece que tem uma turma no PT que não pega no batente nem com ordem judicial.

3 comentários:

Anônimo disse...

Mais um fora inaceitáel do blog:
O Silvinho NÃO TEM MAIS O LAND ROVER.
Agora, nada mais justo do que poder escolher o trabalho quer fazer por ter delatado, ou encoberto companheiros !
Afinal quem foi dirigente do Partido dos Trabalhadores, "conhece muito bem" as agruras do trabalho !

jânio disse...

Fosse eu o juiz botava ele numa cadeia só com mulheres, que nem lá no Pará (ao contrário). Ia levar uma surra...

Anônimo disse...

Engraçado é que um juiz proibiu (censurou previamente) qualquer veículo de comunicação de continuar mostrando aqueles rapazes que agrediram uma doméstica, alegando que seria uma prostituta. Eles estavam trabalhando de garis. Mas no caso do Silvinho LandRover a Grobo estava em cima, mostrando tudo. Acho que o Silvinho não tem as costas quentes...