sexta-feira, 7 de março de 2008

ESSES ESPANHÓIS...

Tem coisas, no mundo dos negócios e da diplomacia que são difíceis de entender. Os espanhóis, principalmente as grandes empresas espanholas, encontraram, no Brasil, um paraíso para seus investimentos.

A Telefônica, o Santander e umas tantas outras, nadam de braçadas no mar de generosidade cordial que o Brasil oferece aos estrangeiros.

Por isso, é inacreditável e inaceitável o que a Espanha está fazendo com os brasileiros em seu principal aeroporto.

Todo dia são mandados de volta, impedidos de entrar na Europa, em média, 15 brasileiros. Só em fevereiro e apenas no aeroporto de Barajas, em Madri, foram barrados 452 conterrâneos nossos.

O mais grave, que demonstra o nível de demência que acometeu os ibéricos, é que freqüentemente são mandados de volta brasileiros que estavam só fazendo escala. O destino final seria, por exemplo, Lisboa. Com passagem de ida e volta, local certo para ficar em Portugal, vários participantes de congressos já foram deportados antes de chegar a seu destino final.

O governo brasileiro tem protestado com tibieza e lentidão. Ontem chamou o embaixador espanhol ao Itamaraty, para, finalmente, avisar que irá usar o princípio da reciprocidade: fazer com que os espanhóis que chegam aqui passem os mesmos constrangimentos que os brasileiros que ousam pisar no real solo hispânico. E começar a mandar de volta, quem sabe, alguns executivos de empresas espanholas, pra que eles vejam o que é bom pra tosse.

Ah, e cadê o rei da Espanha, que não manda seus agentes aduaneiros tomarem jeito e respeitarem as visitas?

4 comentários:

mauricio disse...

Cesar.
Segundo notícia do site G1, a Polícia Federal já impediu a entrada de oito espanhois no Brasil ontem à noite.
Eles chegaram às 20h30m e retornaram às 23h30m.
Não sofreram o constrangimento do cárcere.
Um deles, tinha 100 dólares no bolso e disse que queria passar 20 dias no Brasil.
Acho bom que a resposta tenha sido rápida. Espero que não pare aí.
Falo isso não no sentido de revanchismo mas no sentido de que temos que impôr respeito, demonstrar nossa soberania.
Chega de ser pinico.
Acho também, que se ouver suspeitas de que as empresas espanholas estejam "aprontando" alguma irregularidade, que os órgãos fiscalizadores ajam conforme determina a Lei.
Sempre na Lei.

Anônimo disse...

A culpa é da Ibéria, que baixou o preço das passagens para conquistar os brasileiros. Conseguiu, mas viajar pela TAP, Varig, Air France ou outras é mais garantido de que a viagem chegará ao seu final.
Se fosse o Chaves o Lula diria:
Guerra à Espanha!

Anônimo disse...

O Lula tem que dizer para o tal embaixador da espanha, que está sempre desmentindo os coitados dos brasileiros deportados:

embaixador: POR QUE NÃO TE CALAS!

Anônimo disse...

E lembrar que durante a ditadura de Franco muitos espanhóis vieram para cá só com a cara e a coragem, e enriqueceram ! Agora que o país deles ficou rico, estão esnobando !