quarta-feira, 24 de setembro de 2008

TORCIDA LÁ E CÁ

A gente acha engraçado quando os fãs do Dário ficam dizendo que ele vai ganhar no primeiro turno. É um pouco forçar a barra, um pouco propaganda e muita fé na DuPont. Mas também não deixa de ser engraçado ver a turma contra o Dário falar que o Djalma, em São José, “vai mal”, que está “a perigo” e que foi por isso que a líder política da família, a D. Rose, acompanhada pelo marido, esteve lá. Pra dar “uma força”.

Não é isso que mostra a pesquisa Mapa, divulgada hoje: Djalma está na frente, com 27,6% e os demais candidatos, mais ou menos embolados, entre 13 e 17,3%. Até na pesquisa espontânea (em que não se mostram nomes ao entrevistado), ele aparece na dianteira, com 22,6%.

É claro que o quadro pode mudar (afinal pesquisa é pesquisa e eleição é eleição), principalmente porque o número de indecisos detectados pelo Mapa ainda é grande. Mas daí a dizer que ele “está mal” é uma bobagem tão grande quanto aquela outra, de que “não teremos segundo turno na capital”.

[A pesquisa que citei acima foi contratada pela Associação Empresarial da Região Metropolitana de Florianópolis (Aemflo-CDL-São José) junto ao Instituto Mapa, sobre intenção de voto no município de São José (registro 98.548/2008). Tem mais alguns dados no blog do Damião]

ATUALIZAÇÃO DA NOITE

Tanto a leitura enviezada das pesquisas quanto os boatos que surgem agora, na reta final, fazem parte das campanhas e visam justamente aquela parcela mal informada ou insegura dos eleitores. Ninguém, dos observadores veteranos da cena política com quem conversei hoje, concorda que a eleição em Florianópolis se resolva no primeiro turno: “isso é bobagem”, disseram.

Quanto ao Djalma, acham que a coisa não está resolvida e lá na Terra Firme a casa ainda pode tremer.

6 comentários:

Carlos disse...

Mas que coisa, heim, Cesar? A pesquisa divulgada ontem na primeira página do ND, com pesquisa de 19/9, dava um quadro bem diferente: Adeliana 31%, Djalma 28%, F.Elias 17% e Círio 13% ( a margem de erro é de 2,5%, enquanto a do MAPA é de 4,4%). Ô povinho mais volúvel!

Anônimo disse...

Infelizmente a realidade é essa: uma nova dinastia se alevanta! Como disse um leitor do blog do Carlos Damião, “muita gente ainda vai ter que se curvar para esta família”.

Anônimo disse...

Meu Deus, esse anônimo das 2:36 ou é da "dinastia" ou é um desses "come-ssionados" ( foi por querer a separação heim ;) ) . Vamos aos fatos, uma dinastia dessa não dura muito tempo....

Rodolfo Santiago disse...

Sinceramente, não confio nestas pesquisas. Na eleição passada O Gervásio Silva estava na frente e acabou atropelado pelo atual, o Fernando Maluco, que ao que parece, não tem chance nenhuma agora, pois tem uma rejeição de 40%em todas as pesquisas feitas. Restam no páreo o Djalma, Adeliana e o Padre Círio. Certeza mesmo, só nas urnas, dia cinco.
OBS: Até que enfim lembraste de São José! Sou teu leitor assíduo e torço por dias melhores na minha cidade, tão carente de um bom governo.

Carlos Damião disse...

Meu caro Cesar,
passarinhos têm me contado que a coisa em São José é complicadíssima. Já me disseram que a candidatura do padre Círio não é pra brincadeira: pela primeira vez, o PT tem a chance de chegar à prefeitura no município vizinho. Com um detalhe: já reparaste que o DEM está bem quieto em SJosé? Pois é. É bem por aí. Abraço, do Damião

Anônimo disse...

Aqui em São José as pesquisas parecem que não batem muito com o que se ouve no "boca-a-boca". Ando estranhando essa disparada de certos candidatos não muito conhecidos.