quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

MAIS UM

Segunda-feira estreou na internet o Diário Oficial da Justiça Eleitoral de Santa Catarina. Como as demais instituições que já usam a rede para publicar seus atos oficiais, a Justiça Eleitoral enumera as vantagens do novo veículo e as facilidades que traz.

Faço o registro apenas para ter um novo pretexto para falar sobre a digitalização do Diário Oficial do Estado, que se arrasta há alguns anos: começou no governo Amin, andou um pouco no começo do governo LHS e depois morreu.

Para delícia dos peemedebistas, o projeto iniciado no governo anterior não deu certo: “a gente até tentou usar o que já estava começado, mas não funcionou, não teve jeito”, informou ontem um funcionário graduado da Imprensa Oficial.

Por causa disso, a coisa foi pra gaveta e ficou lá quietinha, parada, por um bom tempo. Foi retomada recentemente. Recomeçaram do zero. Agora as fases preliminares já estão vencidas e o processo está nos finalmentes, preparando a licitação para contratação de quem vai executar o serviço.

Eles acham que colocam no ar em no máximo dois meses (depois que forem encerrados os procedimentos legais e definido o fornecedor).

Então tá. Façam suas apostas.

3 comentários:

Anônimo disse...

Facilitar pra que? Imagina um D.O. On-line, podendo ser acessado de qquer lugar do mundo, permitindo que o povão, o MP, e vocês jornalistas fiscalizem mais facilmente e melhor os atos do governo. Acho que vc ta querendo demais!
E o CIASC onde entra nessa história? Não eram eles q estavam fazendo antes? se não quem tá fazendo? e pra que serve o CIASC então?

Schneider disse...

Acredito que colocar em funcionamento o Diário Oficial On-line seja bem mais fácil do que montar a decoração natalina do Centro Administrativo. Talvez custe menos do que R$ 250 mil.
Será que há má vontade? Por que não facilitar o acesso aos atos oficiais do governo? Estariam escondendo algo ou dificultando propositadamente? Acho que não. Afinal, transparência não combina com descentralização?

Osvaldo disse...

Lembro que hoje em dia só é possível ler o DOE, se é que a edição que vc deseja já foi impressa, na loja central da Ioesc que fica na galeria do edifício da agência central do Besc na Tenente Silveira esquina com a Jerônimo Coelho. Mais acima tb tem na Biblioteca Pública, mas nunca o exemplar que vc procura. INFORMATIZAÇÃO JÁ !!! É A PALAVRA DE ORDEM.