quinta-feira, 10 de julho de 2008

HUM...

O jornalista Cláudio Humberto publicou hoje, no começo da tarde, uma nota, com foto, sobre o rolo do livro do Nei. Mas, como o Daniel Dantas foi preso de novo, provavelmente os coleguinhas dos jornais do Rio, SP e Brasília não terão tempo nem ânimo para ir atrás da história catarinense.

aqui.


DE NOVO?

O juiz Fausto Martin De Sanctis, da 6ª Vara Criminal Federal de São Paulo (o mesmo da primeira prisão) tirou uma carta da manga (a acusação de suborno) e mandou o figurão de novo pro xadrez. Parece até coisa ensaiada: “deixa ele gastar o habeas corpus preventivo, que depois a gente prende ele de novo”. A novela está ficando interessante.

Ah, e agora a prisão é preventiva, não é, como a anterior, temporária.

A história dos bastidores da segunda prisão está com o Bob Fernandes (no Terra Magazine, aqui e aqui), que desde o começo da operação tem noticiado o caso a partir de informações exclusivas provavelmente fornecidas pelo delegado Protógenes Queiroz ou alguém do seu grupo (a Polícia Federal, neste caso, está literalmente rachada, com uma turma tentando manter DD preso e outra tentando evitar a prisão).

2 comentários:

Zé Miguel disse...

Não entre nesta, parceiro !! Com certeza você alcança mais...quem está rachada é a mídia e a classe política brsileiras. Rachada de temor e apreensão. Matematicamente pouco importa se há gregos e goianos na PF. Abundam os pavores, mormente nas tribunas e centros administrativos....e é por aí que se pode fazer o melhor jornalismo. O resto é parte do cenário, fogo de artifício.

Anônimo disse...

O que é preocupante são as declarações de Danta quando diz que não se preocupa no STF. O problema é só no primeiro grau. Será o que ele quis dizer? Alguém se arisca em responder...