sábado, 12 de julho de 2008

TRAZ ESTE CURSO, LHS!



O Rogério Queiroz é um antigo aluno da famosíssima Escola Nacional de Administração Pública, na França. Cursou-a nos anos 60. Mês passado voltou lá, pra matar a saudade. E trouxe o cartaz acima, de um curso sobre “A corrupção: realidades econômicas e meios de combatê-la”


Quando vi, logo tive uma idéia: já que o LHS quer instalar uma sucursal dessa escola aqui em SC, este seria um bom curso pra iniciar os trabalhos. Né não?

7 comentários:

Anônimo disse...

Claro que seria bom para o governo fazer esse curso !
Conhecendo quais são as armas do inimigo, fica mais fácil se precaver para evitar de ser pêgo na corda do enforcado, não é ?

Anônimo disse...

Tio César,

Traz e frequenta, LXV!
E aprenda!

Schneider disse...

Oportuno, pois quem cursar a filial da esola francesa terá GARANTIA DE EMPREGO no serviço público estadual. Sem concurso, conforme promessa de LHS.

Eduardo Zinkel disse...

Tá legal, mas quem ganhar o emprego sem concurso que o LHS tá prometendo, vai pro serviço com que meio de transporte? COM O METRÔ DE SUPERFÍCIE, CLARO !

Leandro Damasio disse...

Com essas críticas rasas, o grupo de LHS manter-se-á por ainda muito tempo no poder.

Anônimo disse...

Leandro, vc deve ser um baita puxa saco do LHS, e, talvez, como o próprio, não vê nada grave nessas denúncias, estão se acostumando com corrupção, com propaganda extemporânea, etc, e tal.. já estão anestesiados com tantos desmandos e prisões de amigos do LHS que chegam ao ponto de chamar "crítica rasa"... cuidado, eim? diga a teu patrão LHS que libere seus deputados para a CPI que ele vai ver as profundiddades dessas denuncias

Leandro Damasio disse...

Caro, anônimo:

Não quero falar para espantalhos. Coragem! Por que se esconder? Este post fala sobre a ENA, não sobre materiais publicitários.

Se entendesse a crítica, você estaria me elogiando. Digo com todas as letras: vocês são contraproducentes. Não atacam o ponto central e jogam a favor de LHS. Porque a ENA Catarinense não contratará sem concurso público; porque profissionalizar a burocracia faz bem ao Estado, independentemente de qualquer governo.

César, fico à disposição para te contar a história da Ecole.

Um abraço,

Leandro Damasio
www.feneap.org.br