sexta-feira, 18 de julho de 2008

BRINCADEIRA

Até agora (15:30), a chamada da capa do DC online para o depoimento do Nei Silva no MPE leva ao placar do jogo de basquete da seleção brasileira. Que, por sinal, ficou fora das olimpíadas, ao perder para a Alemanha.

O que significaria essa misteriosa relação? Que a RBS não pode noticiar o caso e, em protesto, colocou o placar de um jogo? Que alguém na RBS fez barbeiragem e durante quase todo o dia ninguém notou? Nem os leitores? Aquela estratégia de dificultar ao máximo o contato dos leitores com os editores está funcionando? Ou tem poucos leitores mesmo? Ah, é pra provar que ninguém se interessa pelo caso Nei Silva?

Em resumo: qualé?

Claro que, se entrar em Plantão, selecionar política e encontrar na lista o título do depoimento do Nei Silva, abre-se a matéria (feita, por sinal, de manhã). Mas isto vai contra todo o bom senso: por que exigir do leitor três ou quatro cliques adicionais? Não seria mais simples ensinar o pessoal que opera as maquininhas a colocar os links direito e depois dar uma checada básica pra ver se ninguém dormiu no ponto? Aí, poderiam perfeitamente passar sem o desprazer de ver o colunista de um jornal concorrente tirar sarro das babadas.

4 comentários:

diamonds_lucy disse...

Olá, olha, eu discordo um pouco do seu comentário, que, aliás, me soou como uma mágoa com o concorrente. Quem lida com internet sabe que aquilo ali foi apenas um erro na hora de colocar o link. nada mais que isso. quem já trabalhou em redação tb sabe da correria e da grande possibilidade de ocorrer esses tipos de erros. claro que não estou aqui inocentando a pessoa que colocou o link errado e nao conferiu. Mas transformar isso em uma possibilidade de a RBS não "poder" publicar matérias do nei silva me parece mania de perseguição.
essa é minha opinião
abraço

Cesar disse...

Não é perseguição, é só um pouco de implicância. Achei que tinha ficado claro que a matéria está lá. Só o link é que estava quebrado.

Anônimo disse...

Como diria o Chaves:
Foi sem querer querendo...

Anônimo disse...

Leitores do Titio Cesar:

Quem acompanha o caso, sabe que este Valente Jornalista tem toda a razão. Afinal, não podemos ser tão ingênuos pra perceber o que está mais do que claro:
A tal "imparcialidade" da RBS acabou engessando uma cobertura que poderia dar um banho. Mas, infelizmente, quem conhece sabe, eles adoram segurar a onda de governos, quando
milhõe$$ estão em jogo.
É pra depois ficar anunciando aos quatro ventos, em fevereiro, que a RBS pagou o PPR (Plano de Participação e Resultados, ou seja, dois salários a mais em um mês do ano) para os funcionários.
E, para tanto, tem que fazer caixa, triplicando o lucro anual, nem que seja às custas de nosso dinheirinho que acaba indo para estas despesas, que eles chamam investimento. Ou alguém tem dúvida de que quem é um dos maiores anunciantes da Rede Gaúcha???
Acordem enquanto é tempo. Não existe almoço grátis no conglomerado dos Sirotsky.
Pensem Nisso.