sábado, 12 de julho de 2008

DIARINHO NÃO SE CALA

Esta é a íntegra do editorial publicado hoje no Diarinho, escrito pela diretora de redação, Samara Toth Vieira (foto abaixo):

Boataria X informação



Não estou presa. Não descumpri uma decisão judicial. Não tive a minha prisão preventiva decretada. O DIARINHO não está impedido de circular. Apesar das ameaçadas veladas, da boataria maliciosa e das afirmações mentirosas espalhadas pela cidade, a equipe do DIARINHO está trabalhando.



A liminar que determinava a retirada de nosso site da internet e apreensão da edição do dia 11 de julho de 2008 foi cassada pelo mesmo juiz que a concedeu, Osvaldo Ranzi. O magistrado afirma na última decisão que a liminar foi equivocadamente concedida. “O que vem a comprovar mais uma vez que a madrugada é má conselheira.” Palavras textuais de Ranzi no canetaço.



Ranzi, o juiz eleitoral de plantão, concedeu a medida na madrugada de quinta para sexta-feira, às três horas da manhã, ordenando que se retirasse o site do ar e que a edição de 11 de julho fosse apreendida, porque o candidato a prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, temia uma publicação que caluniaria e prejudicaria a sua campanha eleitoral.



Quem leu a matéria, deve ter percebido que ela não tinha cunho político. Era uma matéria policial, falando de uma investigação da Polícia Federal e de um parecer de um procurador da República. Procurador estabelecido em Porto Alegre e que, ao que tudo indica, não teria por que prejudicar ou favorecer algum candidato a prefeito de Itajaí. Mas esta é uma questão que será analisada pela justiça e não pelo DIARINHO.



SEM PREFERÊNCIAS



A decisão judicial, que ordenava a apreensão de nossos exemplares e a suspensão de nosso site, só chegou à gráfica que imprime o DIARINHO, em São José (na Grande Florianópolis), às 3h30 da madrugada de ontem. Neste momento, o jornal já estava nas ruas.



Apesar de o DIARINHO não ter sido intimado da decisão, pois a cópia da mesma foi entregue a um operário da gráfica que não é funcionário do DIARINHO, resolvemos cumpri-la tão logo chegou a nosso conhecimento, no meio da manhã de ontem. Não sou louca de desobedecer a ordem de um juiz e, por isso, mandei recolher os poucos exemplares que ainda tínhamos em nossas sucursais.



E os boatos e afirmações feitas por gente ligada ao prefeito? Elas são rebatidas, uma a uma, nas matérias jornalísticas do DIARINHO. Mas vale ratificar aqui, em negrito, para ficar bem claro: não é verdade que a Polícia Federal tenha apreendido os nossos exemplares nas bancas da cidade. Finalmente, não é verdade que tenhamos interesse na disputa pela prefeitura de Itajaí. Mas isso nossos leitores habituais já estão cansados de saber.



Aliás, os que hoje estão no poder outrora também foram acusados de se aliar ao DIARINHO para derrubar o então prefeito. Coisas do mundo político. Quem está no poder se acha injustiçado, perseguido pela imprensa. Pra quem está na vitrine é cômodo culpar os jornalistas por seus fracassos. Os arquivos do DIARINHO, porém, são testemunhas de que não existe candidato bonzinho pra gente: todos já posaram de ‘vilões’ e ‘vítimas’ em nossas páginas.





RESPEITO PELO LEITOR



Agora vamos aos fatos. O DIARINHO se limitou a transcrever o parecer de um procurador da República sobre uma investigação que envolve a maior autoridade de Itajaí. Não sabemos do envolvimento do prefeito. Não nos cabe julgá-lo ou responsabilizá-lo. Nos limitamos a contar ao nosso leitor o que aconteceu e dividir com ele as transcrições de conversas telefônicas (populares grampos), que foram autorizados pela justiça, diga-se de passagem. Quem leu, que tire suas conclusões. Pra gente, o salutar é que nosso leitor possa ser informado.



No mais, lamentamos a covardia de alguns jornalistas e comunicadores de Itajaí. Salvo a postura isenta da RBS, RIC/ Record, do Página 3, do Moacir Pereira, do Hélio Costa, do Site Terra, da rádio Guarujá (Floripa), sentimos nos colegas da imprensa uma posição de revanchismo e vingança. O bobo do Denísio, por exemplo, saiu espalhando por Itajaí que a Samara seria presa. Xingou e ofendeu nosso advogado, Dr. Fábio. Denísio ainda negou que Samara se pronunciasse, ao vivo, em seu programa, e se defendesse das acusações caluniosas que Volnei fez a ela. O Denísio deve lá ter os motivos dele pra fazer este papelão né?



Nós, do DIARINHO, que acreditamos no direito à informação, que defendemos a liberdade de imprensa e o Estado de Direito, estamos com a sensação do dever cumprido. Sem liberdade de imprensa, leitor, você seria apenas mais um carneirinho desinformado, nos vários currais da vida. No que depender do DIARINHO você continuará sendo informado com primazia. Mesmo que isso doa aos poderosos, mesmo que isso dê muito trabalho. Mesmo que fiquem ameaçando me prender a qualquer momento (mal sabem eles que o restante da equipe tem gente até mais corajosa que eu). É nossa obrigação. Nosso compromisso com você, que renovamos todos os dias, nas bancas deste nosso maravilhoso litoral!



STV



O Diarinho circulou hoje sem problemas. Como gato escaldado tem medo de água fria, a experiente equipe do jornal tratou de montar um esquema especial, à prova de sabotagens, mas correu tudo bem. Na área editorial, o jornal tratou do caso de ontem e continuou a falar sobre as suspeitas levantadas pelo procurador da República.



Abaixo, o recorte de uma das matérias na página 7 (se clicar sobre a imagem abre uma ampliação):



7 comentários:

Anônimo disse...

Vou aproveitar o nome do post "boataria x informação e perguntar: É verdade que o Tio César vai ter aumento? Hig hig hig...(risada do Mutley, da Corrida Maluca, lembram?? rsss

Cesar disse...

Ô 4:46, tá difícil. Por enquanto não passa de boato. Acho que é mais fácil conseguir férias do que aumento. Mas, por enquanto nem um, nem outro.

Anônimo disse...

Tio César,

Este negócio de não chamar concursados tá fazendo escola, não?
Será que o Ranzolin da SCGás fez estágio no Porto de Itajaí?
Será que esta disciplina será ministrada pela Filial da Escola Nacional de Administração Pública Francesa que será (?) inaugurada em SC?

Pedro Valente disse...

No editorial tá "edição de 11 de julho de 2006". Não seria 2008?

Anônimo disse...

Cesar,

Liberdade de imprensa? Tudo bem.
Mas não daria para retirar o endereço do blog do Nassif (o mascate banana) do seu blog?
Para mim você está auxiliando ele a divulgar desinformações (já que ele é pago para direcionar os seus ataques).
Tira este elemento da gangue do Gushiken do seu blog.

Augusto C.

Ilton disse...

Essa de "madrugada não ser boa conselheira" é boa! Devo ter feito muita besteira. Quando juiz, trabalhava de preferência de madrugada, no silêncio musical do meu escritório. Em todos os casos, o que interessa é que o melhor jornal do Sul do Mundo está aí e que todos os boatos foram fulminados. Grande abraço a todos e, pode ter certeza, a publicidade valeu, ainda que não tenha sido de propósito.

Anônimo disse...

Tio César,

Estes poderosos que querem intervir na lliberdade de expressão e na imprensa séria, corajosa, que critica sem medo de cara feia, que vá fazendo as coisas certinhas, pois daqui a pouco estão com suas caras expostas neste site.

Assim tem que ser, você é legítimo representante do povo através deste site e Diarinho.

Que tentem de tudo, pois lealdade ao leitor, a verdade e a sua consciência não vai faltar.

Fique sempre firme e forte e combata a corrupção e os demandos!