quinta-feira, 24 de julho de 2008

JORNALISMO A FAVOR

Estou um pouco cansado de só comentar coisas negativas, de criticar o governo e de falar mal. Até pensei em seguir o exemplo da Márgara, tirar umas férias e calar a minha boca, mas aí a minha chefe disse que sem coluna não tem pagamento. Então tá, continuo falando.



Ah, àqueles que vão pensar em voz alta que eu recebi alguma propo$ta pra deixar de ser chato, devo dizer que ainda não. Bem que gostaria, porque tenho contas atrasadas (no cartão de crédito!). Mas ninguém se interessou em, como direi... “comprar o meu passe”.



Vamos lá: olha só que coisa maravilhosa esses casacões que o governo está dando para os PMs da região mais fria do estado. Nem venham dizer que estamos quase no final de julho e que a operação inverno, nas cidades da serra, vai só até o final de agosto. Antes tarde do que nunca. E que gesto mais simpático, esse do Secretário da Segurança, de arrumar, ele mesmo, em pessoa, a gola do casaco do soldado. Com a prática, os PMs vão conseguir desabotoar rapidamente os cinco botões, para pegar a arma ou as algemas, que, ao que parece, ficarão por dentro do casacão. Beleza. Valeu, Benedet.

16 comentários:

Anônimo disse...

Agora sim a PM não precisa mais brigar pelo aumento aquele que é lei. O Governo fez um agrado como aqueles dos uniformes. Que pobreza de espirito Senhor governador achas que tu compras a TODOS.

jânio disse...

Humm... Vai ter cuecão de couro?

Sérgio disse...

cesar...dá um tempo cara...você deve ser filiado ao PP, pois tudo que se faz você acha errado.Vai morar em São Joaquim e pra ver se você vai andar sem um casacão durante a noite.Francamente assim fica difícil ler tua coluna.

Sérgio Dutra

Anônimo disse...

Tio César,

Daqui uns dias eles vão "inaugurar" graxa de sapato para lustrar as botas dos praças.
Bem que eles poderiam "descontar" estas benesses do prometido aumento salarial, não? Assim a dívida diminuiria e os praças não ameaçariam mais com greves!

Cesar disse...

Sérgio: não sou filiado a partido nenhum. Caso não tenhas percebido, esta nota foi um esforço pra elogiar alguma coisa. A PM, aliás, deveria ter bons casacões há mais tempo. Talvez desde vários invernos passados. Sim, sim, desde o governo anterior e antes dele. Porque faz frio em São Joaquim desde sempre. E tem uma informação adicional que não usei aí, mas é interessante: foram entregues 47 sobretudos. Ou tem pouco policiamento na região (que inclui vários municípios da serra) ou eles terão que revezar o casacão. E se era pra comprar só 47, por que não fizeram a licitação no começo do ano, pra entrega poder ser feita em junho? Francamente, assim fica difícil elogiar...

Anônimo disse...

Tio César,

Este governinho ainda acaba instituindo a troca de capote no lugar da de guarda!
P.S.: Será que vão fazer licitação para desodorante, pois revesamento de capote pode transferir o "cece" de um para o outro!

Sérgio disse...

Cesar
Acho que o certo seria você se candidatar a governador e rosolver os problemas de Santa Catarina já que você acha solução pra tudo.Mas tudo bem como você nunca vai ser, continua falando ...mas qualquer dia acha um do PP pra pegar no pé,que só falar do PMDB já está chato.Troca o disco ou te declara de uma vez.

Sérgio

Cesar disse...

Ô Sérgio, voltastes? Vejo que és leitor recente. Já discuti esta questão aqui. Vou resumir: pararei de pegar no pé principalmente do PMDB, quando o PMDB deixar de ser governo. Aí passo a pegar no pé de quem estiver no governo. Se for o PP, será ele. Se for o PSDB, será ele. Não faz a menor diferença. Quem está na vitrine é quem está no Poder. É pra ele que todos olhamos e é dele (porque tem a caneta) que todos cobramos. Do jeito que falas, parece que preferes que o PP volte ao governo. Sim, porque só assim a gente vai parar de olhar criticamente pra vocês.

Anônimo disse...

Caro Cesar... estás dizendo que o Governo do Estado, ou o Secretário da Segurança Pública comprou só 47 casacões, cheio de botões, para toda a polícia das regiões frias, e foi lá entregar pessoalmente? Isto que é segurança eim? ou falta de outros atos inerentes à segurança pública? quanto custa um casacão destes e quanto custou a viagem do Secretário para vestir um soldado com o casacão?

Sérgio disse...

Como o PP vai demorar a ser governo hahhahhah então não vai ter jeito você vai continuar a pegar no pé do PMDB, mas procura bem que em alguma prefeitura eles ainda devem ser governo.E pra você saber eu sou mesmo do PMDB e não fico em cima do muro.Valeu os comentários, qualquer dia faço mais alguns, embora você seja adversário vou continuar lendo tua coluna.E vou te dar uma dica de noticia boa..te informa do ótimo trabalho que o secretário de segurança está fazendo em São Joaquim e você verá que nem tudo é ruim como acredita.

Um abraço

Sérgio

Schneider disse...

Alguns leitores-comentaristas estão interpretando a informação como paixão. Apaixonados ficam cegos, pois a paixão cega. Assim, não aceitam críticas e perdem a lógica.
A informação é feita de fatos, atos, enfim, é algo real. E a realidade não tem siglas.
Os escribas de plantão não são culpados pelas más notícias ou pelos escândalos. Apenas repassam a informação, propagam o que acontece.
Aliás, nesse caso, estamos diante de uma prática conhecida: jogar a culpa nos outros. Assim vem sendo com o governo Luiz Henrique, onde não justificam ou explicam seus atos e preferem jogar a culpa nos outros ou silenciar.
Antes de reclamar das informações esses leitores apaixonados deveriam cobrar os erros dos seus próprios "amores".
Se não for assim, então, o "jornalismo" será o culpado de tudo: Marlene Rica, Aldinho, Metrópole, transposições, patrocínio de evento nos EUA e muito mais. Ou seja, se prenderem o César e mais meia dúzia de "bocudos" acabam todos os problemas do governo Luiz Henrique.

Anônimo disse...

Ô Sérgio, vai pro mato vê se urubu te pinica!
Cara mais sem noção. Sem noção de jornalismo, sem noção do que é crítica.
Ele deve ser um desse puxa sacos do Luis XV, que vive dizendo que tudo está perfeito.
Ele nunca deve ter lido a historinha do Rei Nú! Vou te dizer uma coisa Sérgio: Luis XV, o grande imperador de Santa Catarina está Nú!
O papel da imprensa, pelo menos a séria, é esse mesmo que o César faz. É criticar,é pegar no pé, é ver erros.
Afinal de contas não era isso o que o "pessoar" do PMDB fazia quando era oposição. Pq naquela época podia e agora não pode mais? Antes era jornalismo sério e agora é boca alugada?
Fala sério!!!

Anônimo disse...

Tio César,

Saiu o balanço financeiro da entrega dos capotes: a viagem foi mais cara do que os casacos!

E parece que tem um reservado para o César. Com comendas na lapela e tudo!

Anônimo disse...

schneider, faz o seguinte, é fácil... compara os números da última administração do estado com a do LHS.
César, eu também pelo que notei, acho que tudo que se faz ainda é pouco, claro, no país todo é assim, a cultura do povo de não se politizar e cobrar dos elegidos é que fez o Brasil ser assim.

Anônimo disse...

Tio César, faz o seguinte: se achas que jornalismo é oposição, o resto é armazém de secos e molhados, como já disseste antes em tua coluna, vê se pensas um pouquinho melhor e faz tuas críticas com um pouco mais de responsabilidade...ao invés de detonar com tudo e todos, sai do teu ar condicionado, da frente do teu computador e do teu telefone e faz jornalismo de VERDADE. Tem gente que pensa que jornalismo é meter o pau. Não é!!!! É ir lá, tirar a bunda da cadeira e ver o que está acontecendo...Não existe só merda, e ela não é a maior parcela da sociedade, apesar das balas perdidas, favelas e etc. Deixem de ser acomodados, jornalistas de meia tijela, e vão lá, ENTENDER a realidade e ajudar, com honestidade, seus leitores a interpretarem um pouco do que está acontecendo neste mundão. Ficar aí, sentado na cadeira, ligando pra meio mundo, lendo um monte de sites pela internet, e depois escrevendo um monte de textos mal-humorados, não contribui com a biografia de ninguém. Se toquem, nobres integrantes da imprensa. O QUARTO PODER, o MP, já está lá em Brasília, no STF, querendo acabar com as restrições pra ser jornalista. Qualquer babaquara - aliás hoje há muitos deles por aí -se acham jornalistas...salve-se quem puder!!!!!

Cesar disse...

Anônimo madrugador da 1:27: às vezes tenho minhas dúvidas se colunismo (político, social ou de qualquer outra coisa) seja jornalismo. Não considero, o que eu faço, jornalismo propriamente dito. Sou um comentarista do noticiário. No máximo um analista da conjuntura. Exerço um papel complementar, que às vezes pode ser útil para... ora vejam só, entender o que está acontecendo. Opinião, sabemos todos, é coisa barata. Qualquer um dá palpite. Até eu.