sexta-feira, 26 de outubro de 2007

TUDO SOB CONTROLE. NADA A TEMER!

Sei que os amigos e amigas leitores e leitoras ficam preocupados quando o LHS sai, mundo afora, liderando uma comitiva de vinte e tantas pessoas, parte delas (inclusive o próprio), falando em nosso nome e financiados por nós.

Mas, se pensarmos bem, nada há a temer. Claro, porque o LHS, que não nasceu ontem e parece que está acostumado a dar nó em floco de neve, cerca-se de testemunhas que poderão, a qualquer tempo, contar-nos tudo o que aconteceu no escurinho dos aviões, no aconchego dos hotéis e na chatice das reuniões.

Nas fotos acima estão, visíveis, pelo menos três deles. Dois, o Jaílson Lima (PT) e o Kennedy Nunes (PP), são insuspeitos deputados de oposição. Na tribuna, disputam com o Ponticelli (PP) pra ver quem deixa o Manoel Motta (PMDB) mais nervoso. É claro que, se a gente perguntar, eles contarão tudo. Naturalmente foi para fiscalizar o governo itinerante do Chanceler LHS que eles foram. Não seria (só) pela humana vaidade de viajar ao exterior por conta do contribuinte.

E o Carneiro faz parte da equipe de cinegrafistas que não desgruda do LHS. Desde antes de tomar posse, em 2003, LHS já estava sempre sendo gravado. Durante os primeiros anos, os cinegrafistas eram contratados pela bem sucedida produtora DPM, de Joinville. Agora são contratados do povo catarinense.

Ora, se tem sempre uma câmera ligada por perto, tá tudo registrado. E, como é tudo pago por nós (cinegrafista, câmera, etc), acho que é só pedir pra assistir às fitas, que a gente verá e ouvirá tudo o que se passou nesta e nas demais viagens. Inclusive aquelas pelo interior catarinense. O arquivo de fitas de vídeo do LHS deve ter bilhões de horas de gravação (faz as contas: eles, em geral, só não gravam as três ou quatro horas que o LHS dorme por noite e, acho, as idas ao banheiro).

[Molecagem sobre fotos do Vitor Hugo Louzado/SECOM (ôpa! outra testemunha!)]

4 comentários:

jânio disse...

Assitir a essas fitas? Cruzes!! Prefiro o "La Conga" da Gretchen...

Anônimo disse...

Quando das conexões de LHS, em São Paulo, será que eles filmam? Os encontros nos conjugados de hotéis também são filmados?

Anônimo disse...

Bunitinho os microfones.
Revista essa turma quando desembarcarem aí "Éroporto" só prá vê se não tá tudo dentro da manga dûs paletó.
Catatau.

Anônimo disse...

Doutra vez tem que aumentar o pessoal da comitiva.
Lá na ponta sobrou lugar que dava prá lotar mais um avião.
E, só prá ninguém ficar sabendo (pensam qui nóis aqui sêmû burro), biberô a vodika em xicrinha.
Tão querendo minganá?
Strix.