sexta-feira, 26 de outubro de 2007

PORRA NENHUMA!

Encontrei, no blog do Dauro Veras, o texto abaixo, que trago pra cá porque eu, como vocês, também gosto de uma boa piada (ou seria anedota?).

Ela começa com a transcrição de uma informação verdadeira, sobre um fato recente, publicado na revista Consultor Jurídico:
Esperma é propriedade da mulher,
decide Justiça dos EUA

Usar esperma para engravidar, sem autorização do homem, pode render processo mas não caracteriza roubo porque “uma vez produzido, o esperma se torna propriedade” da mulher. O entendimento é de uma corte de apelação em Chicago, nos Estados Unidos, que devolveu uma ação por danos morais à primeira instância, para análise do mérito. (...)
E aí o Botelho, que é leitor do blog do Dauro, comentou:

“Nós homens não mandamos mais em porra nenhuma”.

DVERAS PREMIADO
E por falar nele, o Dauro, do Dveras em Rede (dauroveras.blogspot.com), que mora ali no Campeche, em Florianópolis, não tem? nas horas vagas é jornalista e trabalha na revista Observatório Social, como repórter e editor. E acaba de ser premiado com uma menção honrosa no Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos.

Apesar da revista ser relativamente nova, este é o terceiro prêmio que eles levam. Ganharam o Prêmio Esso na categoria meio ambiente em 2003 e, no ano passado, outra menção honrosa do mesmo Prêmio Herzog.

A reportagem premiada agora é sobre mutilações de trabalhadores na indústria moveleira de Santa Catarina. Uma denúncia importante, mas pouco divulgada. Como diz o Dauro, “se a repercussão desse prêmio ajudar a salvar dedos em fábricas Brasil afora, missão cumprida”.

3 comentários:

Anônimo disse...

Caro Cesar,

Em verdade, o genial comentário sobre a titularidade do esperma é do Antonio Tabet, do kibeloco.com. Acho que ele é quem merece o crédito...
Abraço,

Gabriel

Alexandre Gonçalves disse...

Eu sugiro um teste de partenidade porque o sr. Kibeloco é famoso também por se aproveitar das criações alheias.

strix disse...

E aquela porra que grudava as páginas das revistinhas de antigamente?
Strix.