sábado, 6 de outubro de 2007

LULA EM SC

3 comentários:

Anônimo disse...

APENAS UMA SUGESTAO. O NEPOTISMO DO REINERIO EM PALHOÇA. OLHA QUE NEM O MEINISTERIO PUBLICO DA BOLA. MEU TECLADO NAO ESTA ACENTUANDO

Anônimo disse...

Cesar,

Esse negócio com o Banco do Brasil não é bom para o Estado.

Se vender o Besc, na forma prevista, o Estado abate da sua dívida algo em torno de Um bilhão e oitocentos milhões de reais. Esse é o valor estimado do Besc num leilão, incluidos aí a venda das contas salários.

A diferença, e é por isso que o Luiz Henrique não quer o leilão, que o grana da privatação do Banco será todo abatido da dívida pública não entrando no caixa os 600 milhões que a união vai dar ao Tesouro Estadual.

Luiz Henrique, que não é estadista, prefere 600 milhas na mão do que abater uma bilha e oitocentos milha das contas pública.

Essa é a conta, pura e simplestmente.

marcello disse...

Prezado Cesar;
Boa sacada! Merecia um prêmio essa foto!
Sabias que o Satander comprou o ABN/Real?
É a concentração meu amigo!