sábado, 17 de maio de 2008

O MINISTÉRIO MICADO

Só na segunda-feira teremos certeza se o Carlos Minc (foto) vai mesmo ser o ministro do Meio Ambiente no lugar da Marina. Escolhido por causa de sua fama de liberar licenças ambientais rapidinho, Minc, segundo contam jornalistas cariocas (como a Lúcia Hippolito), não é o servidor dócil que Lula talvez sonhe colocar naquela pasta. Gosta de um holofote, foi companheiro da ministra Dilma, na juventude, naquela ação em que eles roubaram o cofre do Adhemar de Barros, mas criticou a política industrial de Lula, elaborada sem participação do Meio Ambiente. E deu uma senhora patada no governador de Goiás (oops, falha nossa: o cacete foi no governador Blairo Maggi, do Mato Grosso. Desculpem), o maior plantador de soja do mundo. Como Minc parece levar o ambiente a sério, é possível que Lula o desconvide de novo.

2 comentários:

Anônimo disse...

César, só um esclarecimento: a porrada foi no governador do MT, o mala sem alça (mas com muuuuuita soja) Blairo Maggi.

Abraços,
Marcelo Santos

Silmar Neckel disse...

Caro Tio César.

Se não estou equivocado, o maior plantador de soja do mundo, segundo o futuro ministro é o governador de Mato Grosso, Blairo Maggi (PR eleito pelo PPS).