quarta-feira, 14 de maio de 2008

AMBIENTE AO DESABRIGO

A forma como se deu a saída da ministra do Meio Ambiente revela a face perversa do governo federal, que prefere embarcar na canoa furada da falta de controle ambiental, a fazer respeitar a lei. As motosserras vão roncar mais alto e forte.

2 comentários:

Victor Carlson disse...

Cesar, não é questão de preferência, mas de total incompetência para administratar qualquer coisa, a não ser os cargos que o governo distribui. Eles não conseguem administrar nem os funcionários aloprados na sala ao aula. A Amazônia vai abaixo por absoluta falta de capacidade administrativa para gerir a estrutura do governo e para colocar em ação qualquer iniciativa que produza efeito. Estamos na mãos, em todos os níveis (municipal, estadual e federal) de políticos profissionais do marketing e de meter a mão no dinheiro público, no resto são absolutos amadores.

Jairo Viana disse...

"PERDEU A CABEÇA ...MAS NÃO PERDEU O JUÍZO"!

Com a Marina se vão as últimas esperanças de termos um verdadeira política ambiental implementada no país. Salve-se quem puder!

Jairo Viana
Criciúma