sexta-feira, 30 de maio de 2008

DECISÃO DIFÍCIL

Vocês sabem que as notas que estão aqui são, normalmente, aquelas publicadas na coluna De Olho na Capital, na página 3 do jornal Diário do Litoral, o DIARINHO. E lá, como em todo jornal de papel, o espaço é finito. Num blog não é, basta rolar a tela e continuar escrevendo.

Por isso, tive que dar, no jornal, a seguinte explicação:

“Recebi ontem uma cópia do livro “A descentralização no banco dos réus”, em que Nei Silva, da revista Metrópole, entrega as negociatas que fez com o governo LHS. Um escândalo. Depois de muito pensar, decidi deixar o espaço da coluna para as boas memórias de 1968. O escândalo ficou pra amanhã.”

É possível que, com esta decisão, tenha deixado de publicar primeiro, ou pelo menos junto com outros colegas, alguma coisa sobre esta bomba que acaba de estourar no colo do governo. Mas pensei cá com os meus botões: escândalo tem todo dia. Este não será o último. E entre recordar um tempo em que estávamos unidos em lutas que pareciam mais dignas e cortar o material para caber a lama do dia, preferi manter o espaço todo para 1968.

Como a coisa é muito quente, provavelmente não conseguirei esperar até amanhã. E isso beneficiará os leitores do blog, que talvez tenham aqui notas sobre isso hoje, ao longo do dia, à medida em que for preparando o material do jornal. Uma inversão: em vez de ler aqui o que foi antes enviado para o jornal, lerão primeiro aqui o que depois será mandado para lá.

5 comentários:

Anônimo disse...

E qyem sabe o Ministério Público leia e em nome do anti corripção se faça algo.Parabéns a você Cesar.Nesse País temos milhares de políticos, mas precisamos de POLÍTICOS que creem numa sociedade diferente.

Anônimo disse...

Segundo o POVO a tal "descentralização" está no banco dos réus faz tempo. É só ver no que deram de economia para o Estado essas secretarias regionais para apadrinhados...

Anônimo disse...

Essa de hoje vai ser boa, tio César. Capricha na informação que até o centro administrativo tá de olho na tua coluna pra ver o estrago. (kkkkkk)

Anônimo disse...

Esse, definitivamente, é o governo dos escândalos. Que atraso de vida, Santa Catarina!

Schneider disse...

Que maldade, César. Nos atiça, mas não nos solta. Nos deixa com água na boca, mas não nos dá o doce. Isso nos deixa ansiosos e a ansiedade até pode matar. Que perversidade!
Mas, por outro lado, há quem sofra mais nessa espera. É a turma do LHS, cuja ansiedade se descentraliza "por toda Santa Catarina". Não bastasse a "maldade" do ministro Ayres Britto, do TSE, que prioriza julgamentos de governadores, agora mais essa.
Sua perversidade, César, até pode provocar a convocação extraordinária do Consult. Ou, pior ainda, atrapalhar as obras do metrô de superfície. Também pode interferir nos trabalhos no Centro Administrativo e, assim, quem sabe até prejudicar o planehjamento da próxima viagem internacional do Chanceler.
Isso não se faz, César. Use a descentralização e, de forma democrática, comparilhe essas informações. Sem compartilhar está sendo egoísta, centralizando as informações.
Viu só como NESSE CASO a descentralização é ótima?
Um abraço