sexta-feira, 10 de outubro de 2008

ZIRALDO E O AMIGO LHS

A Secretaria de Educação de Santa Catarina está adotando a coleção “Ziraldo e seus amigos” em todas as escolas.

A orientação de como usar a coleção está no site da secretaria (aqui)

Lá está explicado do que se trata:
“A Coleção, intitulada “Ziraldo e seus Amigos”, foi desenvolvida para estudantes do Ensino Fundamental (1a. à 9a. série). Ela está dividida em nove maletas, as quais contêm doze títulos para cada segmento. Sua publicação é de responsabilidade da Editora Melhoramentos, sendo seus autores, como o próprio título sugere, Ziraldo e alguns de seus amigos: Ruth Rocha, Ana Maria Machado, entre outros.

Os livros trabalham com diversos temas relacionados ao dia-a-dia das crianças e dos adolescentes; contribuem, desta forma, com a aprendizagem e com o desenvolvimento das habilidades de leitura e de produção oral e escrita.

Os títulos, em consonância com nortes da Proposta Curricular de Santa Catarina, abordam temas como: ética, saúde, pluralidade cultural, meio ambiente, dentre outros. Os textos - agradáveis, simples e com importante conteúdo - vêm acompanhados de ilustrações atrativas e condizentes com a temática.

São livros destinados às escolas, devem ser mantidos na sala de aula, em armário próprio, com a possibilidade de serem usados pelo aluno, também em casa, como atividade complementar às dinâmicas didático-pedagógicas, com vistas ao acesso e aprofundamento das habilidades de leitura e de produção textual escrita.”

Pois bem, sabem quanto custou esta brincadeira aos combalidos cofres catarinenses?

Apenas R$ 8,5 milhões.

Foram adquiridas 3.794 coleções (se entendi direito o processo de compra). Publicado pela Melhoramentos, foi adquirido de um intermediário (Cartago Editora, de São Paulo). O empenho é agora de julho.

Não é à toa que o Ziraldo fica tão feliz quando vem a Santa Catarina.

8 comentários:

Orlando Tambosi disse...

Milhões é com o Ziraldo mesmo. Foi de um milhão também a bolsa-ditadura que ganhou por se divertir nos tempos do Pasquim. Quando falo em Ziraldo, logo peço um saquinho...

Anônimo disse...

E nós, os meninos maluquinhos contribuintes, ficamos aqui, com a panela na cabeça...

Carlos disse...

Esse é mais um que se perdeu pelo caminho. Defensor da TV-Lula, premiado com uma bolsa-ditadura pra ninguém botar defeito, e ainda aprontando com verba pública no salão do humor de Foz do Iguaçú (responde a ação por improbidade movida pelo MPF). Feliz era o Cazuza, cujos heróis morreram de overdose. Os meus, mergulharam nessa lama chamada Brasil.

Anônimo disse...

Se o numero esta correto, cada colecao custou R$ 2240,00, cada maleta R$ 248,93 e cada volume R$ 20,74. Em que pese o incontestavel talento do Ziraldo e sua turma, parece-me bem carinho.

Ubirajara Mattos

Carlos Damião disse...

Não tinha noção do tamanho da "coisa". E nem posso imaginar que o Ziraldo, sozinho, leve tanta grana... Abraço, Damião

Anônimo disse...

Governo maluquinho, esse.

Anônimo disse...

Enquanto isso, os Servidores Estaduais estão há 5 anos na fila, esperando, pelo menos, a reposição das perdas.

São mais de 30% de perdas, ou seja, quase a metade.

Anônimo disse...

O Projeto Planeta Leitura não se limita apenas a distribuição de livros para os estudantes do ensino fundamental da rede pública. É um pacote que consta de capacitação de professores, concursos literários, sites para que alunos e professores publicarem seus trabalhos, além outras atividades. Tudo planejado didadicamente para ocorrer entre outubro de 2008 e janeiro de 2009, com continuidade durante todo o próximo ano letivo.Trata-se de um projeto de alto nível cultural a que nossas crianças da rede pública têm todo o direito de acesso. Afinal, o bom desempenho do aluno se deve em grande parte à leitura, dizem os especialistas em Educação.
A implantação do projeto em SC seguiu todos os tramites legais e as obras dos escritores foram adquiridas através de processo licitatório.

Suely de Aguiar
Assessoria de Comununicação da Secretaria de Estado da Educação