quinta-feira, 30 de outubro de 2008

AMIGOS PARA SEMPRE...

LHS aproveitou a ida ao salão do automóvel, em SP, pra ficar de novo bem juntinho do João Dória. Hum...

11 comentários:

Anônimo disse...

Como comentou o Nelson Motta: "a nossa vingança é que esses políticos têm que carregar dia e noite a cara horrível que têm". LHS, vai ser feio assim lá nos esconjuros!

jânio disse...

O braço esquerdo do LHS tem um ângulo interessante, se calcularmos o comprimento do, digamos assim, membro. Empíricamente, claro.

Anônimo disse...

Mais um pra levar uma graninha nossa?
O LITRAO, ve se dexa de se odatario, nosso rico dinheirinho nas maos de forasteiros, vá se burrrrro lá em joinville...

Anônimo disse...

E a gravata do homem está alinhadíssima

Anônimo disse...

Só falta agora ele ficar amigo do Leão Lobo e do Amaury Jr.

Anônimo disse...

Quanto será que esta foto NOS custou?

Anônimo disse...

Nosso iminente (é isso mesmo, com "i"!) governador gosta mesmo é da companhia de gente chic e famosa. Combina com Paris, Londres, Milão. Eita!

Anônimo disse...

E o BOTOX escorre.....

Anônimo disse...

Li no Paulo Alceu....

Marajá
Durante os debates do segundo turno das eleições de Florianópolis, a palavras mas pronunciada pelo prefeito Dário Berger, foi sem dúvida marajá se referindo ao candidato Esperidião Amin. Não concordo que parlamentares exerçam mandatos e depois fiquem recebendo aposentadoria proporcional, embora estejam amparados por lei aprovada pelos congressistas que no passado legislaram em causa própria. Quero salientar entretanto, que esse tipo de aposentadoria foi aprovada pelo PFL, PSDB, PMDB dentre outros partidos, mas destaco em especial esses três, pelos quais o Dário tem muita afinidade. Por que ele não sugere para o seu Irmão Djalma que é deputado federal ou para o seu governador Luiz Henrique, para enviar um projeto de lei sugerindo a extinção desse tipo de aposentadoria, onde atingiria em cheio os parlamentares do seu partido atual. Com a palavra o "caçador de marajá."

Dorcelino R. dos Santos / São José

Carlos disse...

Dorcelino,
Está tramitando na Assembléia, projeto de lei que estabele que a aposentadoria de governador seja proporcional ao tempo do exercício do cargo, para evitar, por exemplo, que o governador renuncie os últimos 8 meses, e depois, ele e o vice recebam a aposentadoria integral !
Não parece lógico ? Só que a bancada governista, em cujos partidos está o do Prefeito cassador de marajá e dos que o apoiam, está obstruindo a votação !

Anônimo disse...

SANTUR contrata SEM LICITAÇÃO a empresa "DÓRIA ASSOCIADOS CONSULTORIA LTDA" por R$ 440.000,00. Vixeeeee!!!!