segunda-feira, 20 de outubro de 2008

A MÃOZINHA DO TRE

Como o Tribunal Regional Eleitoral é bonzinho! Foi só os advogados do LHS dizerem que se mexessem num dos moribundinhos o pobre do Dário poderia ser prejudicado, que o TRE imediatamente adiou tudo. Tipo assim “parem as máquinas!”

Aposto que se fossem vocês ou eu a pedir uns dias de adiamento ou um alívio qualquer, os tribunais não estariam nem aí. E ainda eram capazes de aumentar a multa ou a pena só por causa desse apelo. Mas lá, no andar de cima, as coisas, ao que parece, são muito diferentes. Tal e qual na primeira classe e na classe econômica dos aviões. Numa, copos de cristal, na outra, copos de plástico. Numa, filés e vinhos, na outra, frango duro e pepsi quente.

Vi a história no blog do Moacir Pereira:
“Segunda-feira, 20 de outubro de 2008
Cassação

Transferido de hoje para o dia 29 de outubro o julgamento pelo Tribunal Regional Eleitoral do processo em que a coligação Salve Santa Catarina pede a cassação do diploma do governador Luiz Henrique da Silveira. A exemplo de outras ações que estão sendo julgadas no TSE, alega abuso de poder econômico e uso da máquina.

A transferência foi requerida pelos advogados do governador. Temiam repercussão politico-eleitoral e prejuízos para a candidatura Dário Berger.

O processo tem como relator o juiz Jorge Maurique.”

Postado por Moacir Pereira às 17h02

5 comentários:

Ilton disse...

Como diria o Cesar Valente: "Esse TRE!" Abração.

Anônimo disse...

A esperança mora no TSE, que fica um pouquinho mais distante dos tentáculos políticos locais...

Anônimo disse...

César, cabe uma reclamação ao CNJ - Conselho Nacional de Justiça!

Anônimo disse...

Cesar, será que o LHS e seus advogados já tem a sentença? Por que eles dizem que pode prejudicar o Dario? E se o homem foi inocentado, não ajuda? Mas o mais lamentável de tudo é o TRE se dobrar ao pedido do governador.. Quem diria, eim? que falta de moral, de ética e de determinação. TRE cabresto do governador..tinha que sair uma manchete assiim

Anônimo disse...

Cesar
É só avaliar a composição dos que ão são juízes 'naturais'. Os indicados por aquela ordem são todos ligados à aliança escondida sob a almofada em que o rei está sentado.