segunda-feira, 20 de outubro de 2008

O DIREITO AUTORAL

Na campanha do segundo turno está ocorrendo uma discussão sobre quem fez o que. Esperidião Amin, como tem mais tempo de casa, diz que fez isto, aquilo e aquilo outro. Os apoiadores do Dário (entre os quais o DEM), acham que é preciso deixar claro que o Amin não fez tudo.

Aí hoje o ex-governador e ex-senador Jorge Bornhausen distribuiu a seguinte “nota de esclarecimento” (onde chama o Amin de “Espiridião”):
“Em Nome da Verdade

Instado por secretários e assessores, que me ajudaram a governar Santa Catarina entre 1979/1982, venho a público prestar o seguinte depoimento sobre obras que estão sendo arroladas na propaganda do horário eleitoral gratuito:

1. As obras da Avenida Beira-Mar foram iniciadas no governo Konder Reis e concluídas do governo Jorge Bornhausen;

2. A construção do terminal Rita Maria foi iniciado no governo Konder Reis e concluídas do governo Jorge Bornhausen;

3. A pavimentação da estrada para o sul da ilha foi iniciada e concluída no governo Jorge Bornhausen;

4. As obras do canal da Barra da Lagoa foram realizadas no governo Jorge Bornhausen;

5. Os hospitais Joana de Gusmão (Florianópolis) e o novo “Marieta Konder Bornhausen”, (Itajaí), foram construídos no governo Konder Reis. Os hospitais regionais de Curitibanos e Araranguá foram iniciados no governo Konder Reis e concluídos no governo Jorge Bornhausen. Os hospitais regionais Dieter Schmidt (de Joinville) e de Ibirama foram iniciados e concluídos no governo Jorge Bornhausen. O hospital regional de Rio do Sul foi iniciado pela prefeitura municipal, com o apoio do governo Jorge Bornhausen, e concluído na gestão do governador Vilson Kleinubing. Os hospitais regionais de Chapecó e São José tiveram seus projetos preparados no governo Jorge Bornhausen e foram realizados no governo Espiridião Amim. Lembro que Espiridião Amim foi diretor do Badesc e prefeito, no governo Konder Reis, e secretário de Transporte e Obras no meu governo.
Renovo meus agradecimentos a todos que me ajudaram a governar Santa Catarina e reafirmo meu compromisso permanente com a verdade, fator essencial para a credibilidade dos homens públicos.

Florianópolis, 20 de outubro de 2008
Jorge Konder Bornhausen”
Taí um grande exercício de contorcionismo político. Aliado atual do Dário e de LHS, inimigos do Amin, JKB tem que dizer que o ex-amigo e colaborador não foi o autor (sozinho) daquilo que diz ter feito. Mas também não pode negar que Amin estava lá, como prefeito, ou secretário de Obras. Parece coisa de divórcio litigioso, né?

9 comentários:

Anônimo disse...

Tio César,
É o medo da virada!
O JKB podia ter respeitado um pouco seu discurso.
Agora ele também é a favor do Dário, que tanto repeliu.
Quanto custou?

Orlando Tambosi disse...

Já tinha tirado um sarro do Amin lá em casa.
E o Jorge não só chama o Papa-obras de Espiridião, mas de AMIM.

Mais um pouqinho e o Amin diz que construiu a ponte Hercílio Luz...

Anônimo disse...

Esta ficou muito ruim para quem se intitula que FEZ TUDO EM FLORIANÓPOLIS. Agora o Amin pode acrescer que iniciou, em seu primeiro mandato de prefeito, a PC-3 - Importante obra que liga Barreiros e Coloninha as pontes. Se não concluiu nos 2 + 2 + 2 + 2 mandatos, aí é outra coisa. Quem sabe faltou tempo.

Anônimo disse...

É por isso que ninguem confia no Bornhausen.Pode falar dele e da familia dele horrores, mas , se depender de manter as boquinhas no governo (LHS), o Bornhausen perdoa tudo, tipo cor... manso. Bem feito pro Amin, que carregou esse cara nas costas duas vezes p/ o senado. Mais um traira. Tomara que esses Berger acabem com o filho do Bornahusen aqui em Fpolis.

Anônimo disse...

César, não entendo este teu "sobrinho". Desde quando restabelecer a verdade é desrespeito ???. Bem que dizem que " A verdade doí". O Esperidião que enumere suas inúmeras obras estruturais que diz que FEZ - mas ele, fazendo projetos/ alocando recursos e dando condições de excução - ao longo dos seus diversos mandatos.

Anônimo disse...

Tio Cesar, saber que é ou não o "pai das obras" não vai adiantar muito neste lamaçal em que se transformou a política local, mais lhe deixo como sugestão que o Senhor fotografe as placas de inauguração dessas obras, se elas já não sumiram, e publique-as aí no seu blog, para acabar de vez com esse lero-lero insignificante.

Anônimo disse...

E o túnel é do Paulo Afonso!

Leandro Damasio disse...

Todo mundo vem aqui defender ou criticar o Amin ou o JKB, quando, em verdade, reduzem o discurso político. Isso de se apropriar de obras públicas não leva a nada, não comprova se o político fez ou não uma boa gestão.

Esse papo vai dar margem para o PMDB, o partidão das obras. LHS foi o governador que mais inaugurou obras pelo estado inteiro. Por isso ele é o melhor governador?

Anônimo disse...

O Dario não traiu o Jorge em SJ? E o Jorge não é aquele que não esquece? Traiu ou não traiu, então?