sexta-feira, 31 de outubro de 2008

GRANDE FIGUEIRA!

O Figueirense fez uma tocante homenagem aos cinco anos do grande apagão de Florianópolis. Mesmo situado no Estreito, que não foi atingido em 2003 pelo corte de energia para a Ilha, o Figueirense apagou as luzes de seu estádio, ontem, provavelmente para que todos relembremos como foram duras aquelas horas (de 48 a 72 horas, dependendo da região) em que ficamos sem luz, entre os dias 29/10 e 31/10 de 2003.

Grande Figueira!

8 comentários:

Anônimo disse...

Apagão providencial esse...

Anônimo disse...

Um botijão de gás perto dos fios e a ilha ficou às escuras durante dias. Uma fitinha metálica que voou, pegou nos fios e pane geral no sistema, com adiamento de jogo. Ou seja, mais uma mostra que estamos preparados para tudo, especialmente para a Copa do Mundo.

Anônimo disse...

Grande Figueira. E nos únicos 15 minutos iluminados, conseguiu tomar um gol......Série B já....

Anônimo disse...

Em vez de copa do mundo podia ser as olimpiadas. Pelo menos tinha a tocha pra iluminar.

Anônimo disse...

O técnico Mário Sérgio, que o Cacau diz ser o melhor do Brasil (kkkk), deu graças a Deus pelo apagão providencial. Em 15 minutos o Figueira levou um gol e teve um penalti contra, que se tivesse sido marcado daria a impressinante média de um gol sofrido a cada 7,5 minutos. Tá feia a coisa.

Anônimo disse...

Cesar, foi um repeteco do apagao mesmo. As rádios entrevistavam o pessoal da Celesc e a ladainha era a mesma de 2003: foi um probleminha técnico, em 5 minutos volta a energia, a equipe já está no local, etc. E nada. O primeiro conserto demorou 90 minutos e a energia foi interrompida de novo 15 minutos depois, após ouvirmos um grande estrondo. E a Celesc dizendo que isso já era esperado, que algum equipamento de retaguarda tinha sido afetado! Mas o mais incrível é que o estádio compartilha a rede com metade do Estreito, quando obviamente, por uma questão de segurança, deveria ter um atendimento independente. O resultado é que os torcedores, todos clientes da Celesc, saíam do estádio e não havia iluminação pública. Um caos.

Anônimo disse...

Não era o dia das bruxas ?
Untão... as bruxas entraram em ação para evitar o fiasco do Figuêra

Avaiano Secador disse...

Se não apagassem a luz teria sido mais uma goleada! Hi, hi, hi, hi...