terça-feira, 5 de agosto de 2008

A ENTREVISTA DO NEI

Só pra lembrar que já foram publicadas, no Cangablog, quatro das seis partes em que foi dividida a entrevista exclusiva com o Nei Silva, autor do “A descentralização no banco dos réus”. Foi uma entrevista gravada dia 8 de julho (há quase um mês!) na casa do Canga, no Campeche e eu participo, como convidado, fazendo algumas perguntas.

Apesar da história já ser conhecida, é sempre interessante ouvir, de viva voz, o Nei contar sua versão de como se deu a relação com o governo do estado. Dê uma chegada até lá, clicando aqui.

Acabou sendo, sem querer, uma espécie de “presente” pro Ivo Carminatti, que ontem ia assumir novas funções no governo, mas acabou deixando a festa pra próxima semana.

3 comentários:

Eduardo Zinckel disse...

É de arrepiar. A gente sabe que o Nei é um macaco velho, que a fala dele tem um tom tendencioso, etc... Mas não há como negar a parceria do governo dede o início, com ele, bem como a autorização e a tentativa (?) de burlar a lei eleitoral com propaganda para a reeleição. Se um ministro do TSE ou do STF ver isso e não fizer nada é porque TÁ DENTRO !

Anônimo disse...

Eu acho que a entrevista escrita, aquela do livro, é muito mais "um belo presente" pro Ivo que esta de agora. Ali, quem conhece aquele secretário consegue visualizar ele fazendo as tratativas. Como advogado que é devia saber muito bem que a lei não permitia uma coisa daquelas.

Lauro Raphael Dutra disse...

o "MORIBUNDO" anda...
Visse a coluna do PRISCO ?

"REV�S GOVERNAMENTAL"
"O presidente do TSE, Carlos Ayres Britto, decidiu que o recurso extraordin�rio interposto pelo LXV ficar� retido nos autos".

Ayres Britto n�o o analisou agora e o cabimento do recurso s� ser� avaliado ao final do processo. A estrat�gia protelat�ria do jurista Eduardo Alckmin n�o surtiu efeito.

Publicado o despacho do TSE nas pr�ximas semanas, o vice Leonel Pavan ser� chamado a prestar esclarecimentos.

Huummmmm...o "moribundo" clama...por justi�a...e vai incomodar...