sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

VIDA BOA

Os tais “horários de verão” das repartições públicas, que transformam os dois expedientes num turno único não são, a meu ver, ruins em si. Permitem uma melhor qualidade de vida para o servidor público. Ele tem mais tempo para cuidar da sua vidinha, dar suas voltas, atender os filhos.

Mas tem contribuinte ranzinza que não gosta e acha que eles estão tendo folga demais. Para encher de razão essa gente, a Fapeu (a Fundação de Apoio à Pesquisa da UFSC) montou o seu “horário de verão” com requintes de folga excessiva. Olha só:
COMUNICADO – A FAPEU estará em horário de verão no período de 02/01/2008 a 22/02/2008 da seguinte forma: de segunda a quinta-feira, das 13 às 19h e sexta feira das 7 às 13h. A direção.
Sentiram? os finais de semana começam às 13h de sexta e terminam só às 13h de segunda. Não basta ter as manhãs livres. É preciso organizar a folga coletiva de quem não está em férias.

2 comentários:

CARLOS disse...

Cesar,
A FAPEU é uma entidade privada, embora mexa muito com dinheiro público, então eles podem fazer isso sem que ninguém possa reclamar.

Carlos

Daniel disse...

Na verdade a FAPEU é uma privada que só mexe com o dinheiro público.