sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

E VIVA O VINHO!

Lula aproveitou um evento na Embrapa, de divulgação dos vinhos brasileiros, para dar o pontapé inicial nas comemorações da virada do ano.

E ontem à noite, na TV, também embalado pelos vapores do ano novo, fez um relato otimista de como tudo está maravilhoso, como seu governo vai bem e o povo melhor ainda. Quer dizer, estou escrevendo isto também otimista e na confiança, porque o horário em que escrevo é anterior ao da rede obrigatória de rádio e TV. Mas ele provavelmente não deve ter-nos desapontado.

De fato, o presidente não tem do que se queixar. Em 2007 perdeu uma receita de R$ 40 bilhões, é verdade, mas como ele disse que isso não foi uma derrota e que ele nem ligou, então, de fato, nada de ruim aconteceu pra ele.

Ah, teve a história do Supremo aceitar a denúncia contra os 40 amigos do presidente, suspeitos de corrupção e outros crimes. Mas como Lula já disse, isso não o atinge. E quem for culpado que pague, quem for inocente que não pague. Portanto, de novo, nada de ruim aconteceu.

Tem mais é que comemorar. E beber em público, sem medo de reacender velhos boatos. Quem não deve não teme, diria. Ou quem não bebe não treme. Ou seria o contrário?

Um comentário:

Carlos Andrade disse...

Boa tarde Tio Cesar.

Não existe espaço para comentarmos assuntos ainda não abordados?

Saiu o resultado do vestibular da UFSC e por que será que, diferentemente das outras dezenas de edições, não foi divulgado a quantidade de acertos do primeiro e do último classificado de cada curso? Será que a disparidade é tão grande a ponto de omitirem estas informações???
Também não se sabe se todas as vagas reservadas aos cotistas foram ocupadas. Temos negros suficientes em Santa Catarina, e dispostos a estudar, para ocupar todas as vagas reservadas???

Levanto estas questões sem entrar no mérito das cotas. São apenas dúvidas por falta de informação.

Abraços e Feliz 2008 para todos nós.

Carlos Andrade