terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

A SEMANA SEGUINTE

Acho que quase tudo o que se podia dizer sobre o dia em que LHS quase foi cassado, já foi dito. Talvez nem tudo tenha sido dito sobre o processo em si, sobre as acusações propriamente ditas. Mas acho que não faltarão oportunidades. Por enquanto, talvez seja até bom mudar de assunto e encontrar outros temas com que passar o tempo.

O próprio LHS parece disposto a virar o disco. Aconselhado por marqueteiros/figurinistas (ou vice-versa), posou para fotos com novo figurino e adereços novos em figurinos antigos. Sobre a clássica camiseta preta com “Descentralização” no peito, ele colocou um lenço colorado, à maneira dos tradicionalistas gaúchos, o que, com jeans, tênis e chapéu panamá, deu aquele look esportivo e dinâmico próprio do temperamento governamental.

Mais ousado, ao visitar um aparelho de ressonância magnética, LHS aplicou, sobre a camisa social com as mangas dobradas, uma camiseta verde com as marcas de várias empresas. Um complemento fashion, que pode também sinalizar para a visibilidade que eventuais patrocinadores poderão ter. Afinal, LHS é presença garantida na mídia.

Update happy birthday – o governador fez aniversário ontem. Tal e qual os reis magos, os caciques do PSDB levaram incenso, os do DEM, mirra e os do PMDB, ouro. Ou coisa parecida. E abraçaram-se apertado, revivendo aquela imagem bíblica da barca de Pedro nas águas revoltas, ao som da chanson pagã: “se a canoa não virar, olê-olê-olá, eu chego láa”.

12 comentários:

Anônimo disse...

Ao longo de vários anos tenho acompanhado o noticiário pelo rádio, pela televisão, pelos jornais, e mais recentemente pela Internet. Já vi e ouvi várias manifestações de defesa de pessoas acusadas de tráfico de drogas, de armas e de seres humanos, de contrabando, enfim dos crimes mais cruéis.
Já vi declarações dos “anões do orçamento”, dos “mensaleiros”, e de corruptos de toda ordem.
Em todos os casos, as pessoas se defendiam das acusações ou se calavam diante das evidências.
Até o Maluf nega tudo o que parece evidente, mas não zomba da justiça publicamente.
O que vi e ouvi do Governador sobre o processo de crime eleitoral a que está sendo acusado, representa a mais absoluta certeza na impunidade, apostando da morosidade da justiça. Ele sabe que se a justiça for célere e ele vier a ser julgado, sua situação pode não ser tão cômoda.
O governador declarou publicamente que o processo “vai se arrastar como um moribundo pelos escaninhos do Tribunal”.
É lamentável ouvir isso de um homem público, do mandatário maior do nosso Estado.
Sua declaração soa como um deboche a lei e a justiça.
Ele até poderia sentir isso, mas jamais poderia tornar público esse sentimento.
Nada justifica a sua manifestação infeliz e descabida. A nós, simples mortais sem imunidade, sem os favores dos amigos influentes e sem a benevolência das autoridades maiores, resta o direito e o dever de nos indignar.

Anônimo disse...

Por mim, ele pode até aparecer vestido de baiana. Desde que não abra a boca pra fazer discurso, que, aliás, consegue ser pior que o Lula.

Anônimo disse...

imagem bíblica da barca de Pedro nas águas revoltas, ao som da chanson pagã: “se a canoa não virar, olê-olê-olá, eu chego láa”.

Canga

Anônimo disse...

imagem bíblica da barca de Pedro nas águas revoltas, ao som da chanson pagã: “se a canoa não virar, olê-olê-olá, eu chego láa”.

é muito bom Cesar!

Schneider disse...

César, essa canoa está com o casco furado, atingida pela TSE. O "pezinho" do Pavan está tapando o buraco, mas apenas por poucos dias. Algumas rachaduras surgem em outros pontos, permitindo infiltrações. Outros buracos, maiores ou menores, podem surgir a qualquer momento.
Com o ouro o barco ficou mais pesado. O incenso mascara o odor de podre e a mirra ameniza as dores dos tripulantes. Nessas condições o barquinho terá que enfrentar as ondas produzidas pelo ano eleitoral. Afundará? Certamente.

Anônimo disse...

Que cosa linda, acabaram de prender este monstro que jogou a bomba contra aquele senhor de 62 anos la no criciuma, mucho bom, a policia mando ver, agora é bom a p2 da policia militar com as filmagens que fazem das torcidas pega estas criaturas que vao pra brigar e expulsar do nosso convivio.
Tem é que fazer uma campanha publicitaria acabando com estas corjas de monstros.

FORA TORCIDA ORGANIZADA
Que só entre familias, Pai, Mae, Filhos, Avós,Netos, tem que dar prioridade é pra familia, esta torcida sim, nao tem problema, é só DIVERSAO.

Anônimo disse...

http://conjur.estadao.com.br/static/text/64107,1

O estado de Santa Catarina foi condenado a pagar R$ 10 mil, por danos morais, às famílias de dois policiais militares mortos em serviço. A 3ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de Santa Catarina manteve sentença da Comarca de Criciúma. O incidente aconteceu quando os policiais Joel Domingos e Sérgio Burati da Silva tentaram impedir um assalto a uma agência bancária.
Apesar de lotados no Departamento de Trânsito da Polícia Militar, deslocaram-se para o banco logo após serem informados do assalto, por rádio. No confronto com os bandidos, acabaram baleados e mortos.
O estado alegou que a culpa foi exclusiva das vítimas. Ao agir fora de suas funções dentro da corporação, atuaram com negligência e imprudência e deram causa à tragédia.
“Ora, sendo policiais militares e tendo, por isso, o dever de garantir a segurança da população, não lhes restava outra saída que não se dirigir ao local do crime para combatê-lo”, pontuou o relator do processo, desembargador Luiz Cézar Medeiros.
O estado, contudo, livrou-se de parte da condenação de primeira instância. Entre outros pontos, foi dispensado do pagamento de pensão alimentícia mensal às famílias, pois estas já possuem o benefício de pensão por morte junto à Previdência Estadual. A decisão foi por maioria de votos.

Anônimo disse...

O comentário do anônimo das 11:32 sintetiza o sentimento catarinense hoje. Muito bem escrito, merecia ser enviado ao TSE !!

Anônimo disse...

Caro Cézar e demais leitores, o leitor das 11:32, foi perspicaz e bem feito. O governador quando propalou essa profecia, zombou, cuspiu e pisou na justiça, sabendo ele que esta justiça tupiniquim é da pior qualidade.

Anônimo disse...

Zombou, zomba e zombará, escrevam o que digo. Se estão anunciando agora que querem mesmo é a tal celeridade nesse processo é porque já sabem o resultado da votação. Pela ordem.

Felipe Silva disse...

Se não estou enganado, a camisa verde é da Chapecoense.

Lia® disse...

zomba da justiça publicamente.

absoluta certeza na impunidade, apostando da morosidade da justiça.

O governador declarou publicamente que o processo “vai se arrastar como um moribundo pelos escaninhos do Tribunal”.


Pois é.Quando é do Poder Público contra o cidadão a coisa vai ligeira; e nisto o LHS está coberto de razão quando lembra lerdeza contra ele.Bom que tenha vindo da boca do governador o que a Justiça merece ouvir.
Quando é o cidadão contra o Estado, a dona Justa não só dorme como vota contra.Quem precisa receber precatórios que o diga.É dever da Justiça bloquear valores , com intervenção em caso de recusa,para quitar a dívida, se possível antes de a parte reclamante morrer.
No caso dos policiais, não me causa surpresa,a Justiça dizer que foram culpados??
Normallll,vejam, num hospital da capital perderam os exames feitos por um paciente,segundo os funcionários acontece muito, é normal!!!Acionada para que cobrasse dos responsáveis, no caso hospital/funcionários/chefia imediata/EStado0, os danos morais por perda de documentos que pertencem ao paciente e irrepetíveis!!!a dona Justa diz que quem é atentido pelo SUS não tem que reclamar de nada, ao contrário, agradecer por ter sido atendido e estar vivo!!,eximindo as partes IRRESPONSÁVEIS de qualquer culpa, ou pena.Só falta conenar o queixoso por litigância de má-fé, tá querendo indenização, uuuu, nem compra um par de sapatos novos gastos correndo atrás.
Não é á toa que o sujeito entra para operar o joelho e operam o cérebro, depois foi só troca de papeletas, perderam, e deixa o infeliz com barriga costurada subindo e descendo escadas procurando os exames no meio de um pilha de exames misturados cheios de merda de cupim.
Santa Catariana, estado de excelência???Pára, ô, piada na Saúde, não.
É mole?