terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

ESSE MARANHÃO...

Vamos fazer um pequeno intervalo, só pra respirar e comprovar que Santa Catarina não é assim tão ruim. É ótima. Ainda mais se a gente comparar com o Maranhão. O texto a seguir é da Maria Fernanda Cunha Bezerra e foi publicado no blog do Noblat sob o título “Coisas do Maranhão”.
“Para nascer, Maternidade Marly Sarney!

Para morar, escolha uma das vilas: Sarney, Sarney Filho, Kiola Sarney ou Roseana Sarney!

Para estudar, há as seguintes opções de escolas: Sarney Neto, Roseana Sarney, Fernando Sarney, Marly Sarney e José Sarney!

Para pesquisar, vá até a Biblioteca José Sarney, que fica na maior universidade particular do Maranhão, que o povo jura que pertence a um tal de José Sarney!

Para inteirar-se das notícias, leia o jornal O Estado do Maranhão, ou ligue a TV na TV Mirante, ou, se preferir ouvir rádio, sintonize as Rádios Mirante AM e FM, todas do tal José Sarney. Se estiver no interior do Estado ligue para uma das 35 emissoras de rádio ou 13 repetidoras da TV Mirante, todas do mesmo proprietário!

Para saber sobre as contas públicas, vá ao Tribunal de Contas Roseana Murad Sarney (recém batizado com esse nome, coisa proibida pela Constituição, lei que no Estado do Maranhão não tem nenhum valor).

Para entrar ou sair da cidade, atravesse a Ponte José Sarney, pegue a Avenida José Sarney, vá até a Rodoviária Kiola Sarney. Lá, se quiser, pegue um ônibus caindo aos pedaços, ande algumas horas pelas ‘maravilhosas’ rodovias maranhenses e aporte no município José Sarney.

Não gostou do que leu? Quer reclamar?

Então dirija-se ao Fórum José Sarney, procure a Sala de Imprensa Marly Sarney e informe-se onde está localizada a Sala de Defensoria Pública Kiola Sarney...

Seria pra rir se não fosse pra chorar!!!”

7 comentários:

Anônimo disse...

Este é bom em lavagem cerebral.
Vai saber catequisar um bando de sem nada assim la sei eu a onde, FORA SARNEY.

Alexandre Back disse...

Maravilha de texto.
Pena que não é ficção!
Esse Brasil...

Anônimo disse...

Que estranho, não é ?
O vice do presidente que não assumiu, por um "capricho do destino", chegou à Presidência da República. (Se o titular não assume, não há vice)
Mas naquela época tinha um partido que defendia a moralidade e a ética, que era contra qualquer acordo político com o governo corrupto do Sarney, entre as denúncias havia a ferrovia Norte-Sul, mais uma maracutaia do Sarney. Lembram ?
Hoje aquele partido ético diz que constroi a ferrovia Norte-Sul e está dominado pelo ex inimigo, ex-Arena, ex-PFL e que, juntamente com Renan Calheiros e Jader Barbalho, é o atual dono do PMDB.
Eles mandam aqui em Santa Catarina também !

Schneider disse...

César. Cuidado com esse texto. Aconselho retira-lo do ar. Há o risco de alguém ler e quererm imitar o Sarney. O cara já é megalomaníaco, prepotente e se acha acima de tudo e de todos. É capaz dele trocar o nome da Ponte Hercílio Luz.

Anônimo disse...

Que coisa feia! Em Santa Catarina não existe nada disso! Em Florianópolis muito menos! Nada tem nome de família aqui!
Que bom que é viver num local civilizado, sem donos, sem patrões!

Anônimo disse...

Santa catarina ta e cheia de municipio enaltecendo a falia Ramos e só da uma olhada rapida no mapa do estado e hospital com nome da mamae de ex-governdor pode, e o proprio ex-governor pode? e fora praça logradouro,beco, ponte, pontilhao com no do pai do prefeito, iii olha, ta cheio de narcisista com a coisa alheia ( nossa ).

Anônimo disse...

Acho que a única coisa que esse senhor fez de útil foi "segurar a onda" na transição do regime militar para o democrático. Infelizmente os atos negativos dele são tantos que ele precisaria de uns 5 séculos para se redimir...