sexta-feira, 29 de fevereiro de 2008

Aviso aos navegantes

Se notarem alguma demora na liberação de comentários, por favor não estranhem. É que ficarei algumas horas fora da casinha (explico: na estrada) e ainda não tenho aquelas maravilhas tecnológicas que permitem conectar o computador por celular. Assim que chegar a algum porto que tenha eletricidade e banda, volto a liberar o bate-papo, que, por falar nisso, tá bem animado. E de bom nível. Tenho bloqueado pouquíssimos comentários (e alguns mais por causa de alguma das minha paranóias, do que por algum motivo objetivo).

Atualização do final da tarde: pronto, já liberei a carrada de comentários que vocês foram colocando ao longo do dia. Ô gente pra gostar de dar palpite, sô...

Agora vou preparar um material novo, pra que vocês tenham o que ler (e comentar) no final de semana. Até mais. E obrigado pela preferência. Servimos bem para servir sempre. Ah, como o expediente do dia 29 de fevereiro já acabou, fiado só amanhã.

Enquanto em Florianópolis chove, tem lugares onde faz sol. Este mundo é mesmo uma bola...

6 comentários:

Anônimo disse...

Tio César, vc continua ótimo! Com uma posição isenta, vc sempre dá oportunidade para que todos os pontos de vista sejam analisados. Boa viagem, onde quer que esteja indo.

Anônimo disse...

Tenho um palavra para você, César: smartphone. Comprei um e me apaixonei imediatamente. Isso é que é computador portátil. Notebook é uma trapizonga perto do meu Treo.
Ludmila Souza

Anônimo disse...

Pô, férias de novo? Confessa, tu é aposentado do serviço público! ahahahh

analistas disse...

Parabéns, pela possibilidade que nos dá de colocar nossos depoimentos neste espaço. Cuide-se viu???? pois quando a coisa incomoda, tem sempre alguém que dá um jeito de tirar do ar.

Anônimo disse...

Tio cesar, mas tu tiras quantas férias por ano? Pelamor. Tô desconfiado que trabalhas pro LHS, he he he...

Anônimo disse...

Que lugar lindo é esse? Seia a Argentina ou quem sabe...A FRANÇA!!!??? Se for a França espero que o Cesar não se esqueça de trazer uma lembrança para aquele nosso conterrâneo famoso que tanto adimira aquele país.