terça-feira, 12 de fevereiro de 2008

GM SAI DOS TRILHOS

A Guarda Municipal de Florianópolis vai construindo, rapidamente, uma reputação de despreparo, truculência e prepotência. Quem achava que alguns gestos de boçalidade, que caracterizam alguns integrantes da Guarda, eram inofensivas demonstrações de imaturidade, terá que rever seus conceitos.

Despreparados para lidar com o estresse inerente à sua atividade, dois engomadinhos resolveram ontem tratar um caso de desacato como se fosse um crime violento.

Numa operação que envolveu um grupo maior de engomadinhos e teve o apoio da PM, deram grande espetáculo no centro da capital para prender o “malfeitor” (cujo grande “crime” foi ter dito aos guardinhas o que muitos gostariam de ter dito, mas evitam, com medo da reação que, como se comprovou, é sempre desproporcional). O comandante da guarda diz que vai apurar excessos, as testemunhas falam em agressão gratuita, o “criminoso” assinou um termo circunstanciado na DP e foi liberado.

Enquanto isso, os milhares de contribuintes vítimas de ladrões e assaltantes em suas casas, comércios ou carros, sonha com o dia em que os engomadinhos presunçosos passem a ajudar a proteger o patrimônio e parem de fazer pouco de quem lhes paga os salários. E os milhares que sofrem no trânsito imaginam quando os engomadinhos de óculos escuros vão desencostar das suas motos para orientar o trânsito e parar de criar caso.

Update da manhã de terça: abaixo, a nota publicada pela direção da rádio Regional FM, explicando por que se sentiram agredidos pela Guarda Municipal e informando a origem do incidente.
NOTA OFICIAL REGIONAL FM
Em: 11/01/2008
Jornalista: Jornalismo

A RÁDIO REGIONAL FM, invocando o Estado Democrático de Direito, diante dos graves fatos ocorridos na tarde de hoje (11/02/2008), quando teve sua Sede invadida brutalmente e irregularmente, por dois guardas municipais de Florianópolis, e na seqüência por mais de dez homens da mesma instituição, em consideração aos seus ouvintes, funcionários, clientes e autoridades, vem a público manifestar o que segue:

1 - A REGIONAL FM repudia com veemência a ação despreparada dos Guardas Municipais, pelo despreparo no atendimento a uma simples ocorrência de “multa de trânsito” indevida, tendo em vista que o veículo da emissora estacionado em local de “Carga e Descarga” aguardava o carregamento de uma mercadoria (Equipamento da emissora) que seria levado para uma transportadora, portanto o veículo que é uma camionete com carroceria NÃO ESTAVA estacionado irregularmente e a multa não era devida. As imagens do motorista do carro estacionado mostrarão que o mesmo levava nos braços uma caixa;

2 – Não fosse a ação de um Coronel do PM e de um advogado que passavam pelo local e viram o ato ilegal dos Guardas Municipais, as conseqüências poderiam ainda ser ainda pior, se equiparando somente aos “anos de chumbo”, quando a Ditadura fechava redações de jornais e rádios, impondo uma censura absurda que afronta a liberdade de expressão do cidadão.

3 – E lamentável que Guardas Municipais que deveriam ser “guardiões do cidadão” pratiquem atos de selvageria, tentando calar os críticos à base força e da retaliação, pois já na Central de Polícia, quando o diretor da emissora registrava BO, o sub comandante da Guarda Municipal disse ao diretor da emissora que a REGIONAL criticava muito no ar os Guardas Municipais;

4 – A invasão dos estúdios da REGIONAL FM configuram uma grave ofensa aos direitos individuais garantidos pela CONSTITUIÇÃO, ao direito de propriedade, o direito a liberdade de expressão, o direito ao contraditório e a seus empreendedores, seus funcionários e sobretudo aos seus ouvintes;

5 – Diante desses tristes fatos, a direção da REGIONAL FM informa que todas as medidas legais serão tomadas para punir civil e criminalmente a ação irregular, a invasão sem mandado ou flagrante delito, a agressão e ameaça ao menor (Filho do diretor da emissora) a lesão corporal e o abuso de autoridade praticadas pela Guarda Municipal de Florianópolis contra pessoas de bem, empreendedores e que não merecem ser tratados com tanto DESRESPEITO!
Por fim a REGIONAL FM reafirma o seu compromisso somente com o Povo, com o Ouvinte e com o sagrado direito de LIBERDADE DE EXPRESSÃO.

Florianópolis, 11 de fevereiro de 2008.

DIREÇÃO DA RÁDIO REGIONAL FM – 106.5

6 comentários:

Alexandre Gonçalves disse...

Já visse a Nota Oficial da Regional FM?

Siri Goyá disse...

Putz, só faltava essa aqui na ilha: uma guarda despreparada para assustar a população. Esses políticos inventam cada uma....

Rafael disse...

Isso é uma vergonha para a sociedade!!! cade os exemplos a a serem seguidos?

Anônimo disse...

E estão querendo dar armas para esse povo...

Anônimo disse...

Exemplo, é simples se espelhem na briosa Policia Militar de Santa Catarina, tem muitos otimos exemplos por lá, uns devem tar torcendo o nariz quando alguem elogia a PM de S.C. mas de uma olhada por ai, para em uma esquina vai pedir uma informaçao a um PM, solicite ajuda a um deles, na maioria sao sempre cordiais, sao educados, olha bem da verdade mesmo, eles tem formaçao, vem de "BERÇO" mesmo, vai la dar uma olhada como funciona a Academia da PM la na Trindade, tem até escola de 2 grau, e a gurizada que sai de la, vai ver se fazem as asneiras que normalmente acontece por ai, nao, como eu disse, é de "BERÇO".
Para esta gente Troglodita falta é formaçao,um otimo exame psicologico antes de admitir, e um curso de boas maneiras, rever seus erros, corrigir as arestas e nao ficar escondendo os fatos e deixar passar batido como se ninguem notasse.
Como é que se vai fornecer armamento a esta força "policial" sem preparo algum, só com cursinho de tiro? Sai dessa, qualquer um pode fazer curso de tiro, mas até ter o direito de portar uma, á uma grande diferença, duvido que todos que estao nesta GM tem condiçoes psicologicas pra andar armado, as demonstraçoes corriqueiras do dia a dia mostra que nao, os caras nao tem preparo algum para lidar com situaçoes adiversas.
A hora que um destes alvejar uma pessoa seja ela quem for, o Prefeito assume a responsabilidade?

Anônimo disse...

Também acho que deveriam emitir uma nota, assim comO a rádio fez. Tentei ver no site da guarda e descobri que o site não existe, só o domínio...

Matéria interessante no site da emissora - os guardas foram afastados: http://www.radioregionalfm.com.br/geral/index.php?fuseaction=ler&codigo=2329