terça-feira, 27 de novembro de 2007

Carnê Social

AMIGO DA IMPRENSA
O deputado Marcos Vieira (PSDB) promove sessão solene da Assembléia para homenagear a Associação dos Diários do Interior, agora no dia 29. E no último dia 5, tinha homenageado a Associação dos Jornais do Interior (que reúne principalmente semanários), com a medalha do Poder Legislativo Catarinense. O deputado deve ter sido movido, naturalmente, por desinteressado ímpeto de reconhecer tão meritórias entidades. E, se os jornais sentirem-se gratos e o tratarem com um carinho especial, será por puro desvelo jornalístico.

O DIARINHO, ora vejam só, não é filiado nem a uma, nem à outra.

CPI? QUE CPI?
O blog do Vieirão disse, na semana passada, que um fotógrafo do DIARINHO estava numa reunião da CPI da moeda verde, na Câmara de Vereadores de Florianópolis. Mas, infelizmente, e a bem da verdade, o fotógrafo não era deste jornal (e, parece, de nenhum outro).

A turma do PP reclama, no blog, que a imprensa deu ampla cobertura para o depoimento dos bagrinhos e agora, que começam a depor os corruptores, os empresários, nem vai dar uma olhadinha na sessão, nem fala sobre o assunto. E acusa a “mídia catarina” (nós também?) de prostituição, por ignorar esses depoimentos.

2 comentários:

Bonassoli disse...

Dá medo quando políticos começam a elogiar jornais e/ou jornalistas.

Mauricio disse...

Cesar.

O comentário feito pelo Vieirão seria interessante se tivese sido dito por você, por mim ou outra pessoa "do povo".

Mas vindo do Vieirão, faz favor.

Ele, sempre que esteve no poder, manteve estreitas relações com esse povo, chegando a nomear o Juju para cargo de diretor de empresa estatal.

Vou além. Não duvido que quando voltar ao poder (e eles sempre voltam) o Vieirão vai repetir tudo o que sempre fez e que agora critica. Duvido que ele se negue a ir no hotel de quem ele hoje critica e dê um esfuziante abraço.

É muita cara de pau. Difícil de se aceitar.

Nada como um dia após o outro.

Pena que a meninada e aqueles que não fazem acesso à imprensa comentada, não consigam enxergar estas coisas que nós, mais vivenciados percebemos e que nos permitem votar com melhor noção.

É por estas e outras que fico revoltado quando ouço alguém, que tem melhores acessos à informação, dizer que vai anular seu voto, porque este tipo de atitude abre espaço para que o voto dos mais ignorantes acabe prevalecendo.