sábado, 10 de novembro de 2007

CAÇA AO INFIEL

O DEM(o) não está para brincadeiras. Ontem entrou com ação no TRE-SC, para pedir de volta o mandato de vereador que está sendo ocupado pelo infiel João Batista Nunes, de Florianópolis. O vereador se elegeu pelo PFL, depois foi dar uma banda no PDT e agora está estagiando no PR. Ah, por coincidência, quem levou o João Batista para o PDT, foi o Junckes, do Hospital Vita, aquele citado no relatório da Moeda Verde. Mas decerto a mudança de partido não tem nada a ver com isso. Deve ser pura opção ideológica.

2 comentários:

Anônimo disse...

E aquele pessoal que saiu de outros partidos e fou para o Demo, como é que fica? Não tem valor para o partido?

Carlos Henrique Rech disse...

César, no meu blog Biguaçu-Versões e fatos, alguns comentários sobre infidelidade partidária, que no caso de Biguaçu envolvem a PRIVATIZAÇÃO DOS SERVIÇOS DE ÁGUA E ESGOTO. Vale a pena verificar.

Um grande abraço !