sábado, 9 de junho de 2007

Sábado, domingo e segunda

Aconteceu de novo. Ontem, quando foram posar para a foto oficial, os presidentes e primeiros-ministros dos oito países mais ricos, junto com os cinco remediados que tinham sido convidados, o Lula, entre o Putin, da Rússia e a Chanceler da Alemanha, ficou fazendo gestos, enquanto os outros, inclusive o brincalhão Mr. Bush, se comportavam direito. O que será que faz o Lula querer sempre se destacar dessa forma, né? Deve ser o sangue latino, samba, mulher e futebol, que aflora quando ele está no exterior. Saudades de um bom churrasco. Ou dos irmãos... por falar nisso, como será que anda o Vavá?

Update da segunda – O Ilton, do Jus Sperniandi, encontrou outra foto, da mesma reunião, onde quem faz micagem é a Chanceler alemã, que, em todo caso parece ter uma coisa menor que a do Lula. Clique aqui para ir lá dar uma espiada.

BRASILEIROS
O boletim semanal Jornalistas & Cia, que traz notícias sobre... jornalistas nos principais mercados de trabalho brasileiros, informa que acaba de sair do forno a edição zero de Brasileiros, a revista mensal de reportagem que marca a estréia no mercado da Brasileiros Editora, fundada por Hélio Campos Mello (ex-IstoÉ e Estadão) e Patrícia Rousseaux e que tem como diretores-adjuntos Nirlando Beirão e Ricardo Kotscho. A edição 1 está prometida para o dia 28 deste mês.

O novo título tem como proposta contar boas histórias de brasileiros, dentro e fora do País, anônimos e famosos, ricos e pobres, brancos e pretos. “Nós iremos atrás de cada um deles para trazer o Brasil até você. E faremos isso com muito entusiasmo, mas sem pieguice e sem ufanismo. Nossa proposta é fazer jornalismo sem preconceitos, sem arrogância e sem constrangimentos em mostrar paixão”, diz Campos Mello no editorial do número zero.

A revista promete textos e fotos de elevado padrão editorial, apoiando-se em colaboradores como Jorge Pontual, Eduardo Hollanda, Darcio Oliveira, Roberto Benevides, J. R. Duran e Cláudio Versiani, entre outros. Hélio informou a J&Cia que a revista terá tiragem de 50 mil exemplares, distribuição nacional, com venda em banca na primeira fase e assinaturas depois.

No primeiro número, Santa Catarina estará representada com a história do Vilmar Braz, o navegador idealista que montou uma escolinha de remo e vela em Itajaí, para crianças das escolas públicas. A matéria é assinada por este que vos fala e ilustrada com belas fotos do Edson Beline, do Studio1.

XÔ CPI!

Se tem uma coisa que os deputados e senadores fogem como o diabo fugia da cruz antigamente, é essa história de investigar as relações entre políticos e empreiteiras. Tem gente tentando fazer uma CPI da Navalha. Só que, além do Planalto, que faz o serviço de sempre, para impedir que se mexa em vespeito, muitos parlamentares também não têm o menor interesse.

Na quinta-feira foi divulgada uma lista, por estados, de deputados que não assinaram o requerimento de instalação da CPI da Navalha. A lista dos catarinenses que, pelos mais diversos motivos, não estão dispostos a embarcar nessa canoa é a seguinte:

Acélio Casagrande (PMDB)
Celso Maldaner (PMDB)
Edinho Bez (PMDB)
João Matos (PMDB)
Valdir Colatto (PMDB)
João Pizzolatti (PP)
Zonta (PP)
Nelson Goetten (PR)
Djalma Berger (PSB)
Carlito Merss (PT)
Décio Lima (PT)
Vignatti (PT)

Já assinaram a lista 172 deputados e 29 senadores, o que é praticamente o mínimo e não garante nada, porque o que mais acontece é o cara assinar e depois retirar a assinatura.

VÔOS FRETADOS

As empresas admitiram, na maior caradura, que o grande número de vôos fretados, no feriadão, ajudou a atrapalhar a vida de quem tentou viajar nas linhas normais.

Naquele outro apagão, causado também porque a TAM tinha alugado não sei quantos aviões para fazer vôos de turismo, o governo subiu nas tamancas e disse que não permitiria mais uma coisa dessas. A repetição do fato mostra o nível de desmoralização das entidades governamentais que, em teoria, deveriam fiscalizar e colocar ordem no transporte aéreo.

E assim como sempre tem colunista recomendando pra gente anotar o nome de vereadores, deputados e políticos corruptos para não votar mais neles, acho que vocês deveriam anotar Gol (que agora é dona da Varig) e TAM. E quando conseguirem economizar uma graninha e forem fazer alguma viagem, se possível escolham outra empresa.

Como é praticamente um monopólio, não tem como escolher nos trajetos domésticos, mas para o exterior tem mais opções.

ESSAS BICICLETAS...
Sempre que surgem problemas com o transporte coletivo (ou seja, o tempo todo), alguém vem com as tais alternativas. A mais recente é a sugestão que o florianopolitano use mais bicicletas.

Acho ótimo que mais gente use bicicletas. É bom para a saúde, é bom para o bolso. Mas não é pra todo mundo nem é o tipo de coisa que vá aliviar o trânsito na cidade. Bicicleta não é transporte de massa. Ainda mais numa cidade que não é assim tão plana.

Acho que todo mundo que tem dois ou três neurônios já percebeu que falta, aos administradores municipais, competência gerencial e apetite para a solução dos problemas urbanos. Dedicam-se com afinco a costurar alianças que garantam suas carreiras políticas e deixam o serviço acumular.

Ninguém está preocupado, de verdade, com o caos no trânsito da capital. Estão preocupados, isto sim, em não perder as eleições. Custe o que custar.

O LHS foi à abertura do Encontro Nacional da Mulher Contabilista e defendeu o novo pacto federativo, que é um discurso que ele repete quase todos os meses, pra ver se um dia cola. O texto distribuído pelo Palácio informa que “mais de 70% dos participantes do evento são formados por mulheres”. Imagino que essa frase tortuosa talvez queira dizer que 70% dos participantes são mulheres. O que é pouco, para um encontro que deveria ser só de... mulheres.

4 comentários:

JECastro disse...

"Estão preocupados, isto sim, em não perder as eleições. Custe o que custar", ou manter a boquinha, impressionante como generalizou, smj,em tudo que é lugar, um tipo de salve-se quem puder e que o Bom Deus nos acude, algo como o fim do mundo esta cheando e vamos livrar o nosso, neste sentido estas gravaçoes divulgadas são de desanimar, que primarismo, saudades do Satâncio Dr NO, mais elabodo,he,eh bom fim de semana

Oto W. DalMollin disse...

Meu caro César, eu utilizo bicicleta praticamente todos os dias e acredito que, caso fosse incentivado o uso, através da criação de ciclovias seguras, o número de usuários iria aumentar, de modo a ter sim um bom resultado no trânsito em geral. Mas ter que disputar lugar nas ruas com os carros não é nada atrativo não.

Abraços

Anônimo disse...

CESAR
ESSES DEPUTADOS DA BASE DO GOVERNO CONTINUAM VOTANDO CEGAMENTE A FAVOR DO SEU VERDADEIRO PATRÃO, O GOVERNO FEDERAL, E NEM DÃO BOLA PARA SEUS ELEITORES. (DEPOIS VEM O TRE COM A HISTÓRIA DE QUE O PATRÃO DOS DEPUTADOS/SENADORES É O ELEITOR....POIS SIM!!!!)
CONTINUAM CONTANDO COM A MEMÓRIA CURTA DO POVO E INFELIZMENTE, NA PRÓXIMA ELEIÇÃO, NOVAMENTE O PODER ECONÔMICO VAI FALAR MAIS ALTO.
ABÇS
ANTONIO CARLOS

Anônimo disse...

CESAR
QUARTA FEIRA FUI A BRASILIA, ONDE CHEGUEI COM 4 HORAS DE ATRAZO.
SÁBADO VOLTEI, MAIS 4 HORAS DE ATRAZO, DESTA VEZ POR, VEJA SÓ, FALTA DE COMANDANTE E PILOTO.
A TAM NOS MANTEVE UMA HORA DENTRO DO AVIÃO EM SÃO PAULO ESPERANDO O COMANDANTE CHEGAR, E COMO ÊLE NÃO VEIO, DESEMBARCAMOS E FICAMOS MAIS 3 HORAS AGUARDANDO SUA EXCELÊNCIA.
OS FUNCIONÁRIOS FUGIAM PARA NÃO DAR EXPLICAÇÕES.
UM VEXAME, E NADA É FEITO.
ANTONIO CARLOS