sábado, 25 de novembro de 2006

SÁBADO E DOMINGO

O NOVO COMPADRE
LHS anunciou na Fiesc que a secretaria da Fazenda continua com a turma de Joinville. Mais precisamente nas mãos do Sérgio Roberto Alves (na foto acima sendo guiado pelo governador eleito). Tem tudo pra ser um novo compadre, no bom sentido. Amigo de todas as horas, guardando a chave do cofre com unhas e dentes pra evitar que aconteça coisa pior.

E o mais engraçado é que tem gente em Joinville reclamando que a cidade está “pouco representada”. Se do jeito que está os manezinhos já acham que aquilo ali é a República do Norte Catarinense, nem quero imaginar como seria um governo em que as lideranças da Manchester catarinense se sentissem ainda mais à vontade.

CASAMENTO
A solenidade de ontem na Federação das Indústrias pode ter o nome que lhe quiserem dar, mas na essência foi uma festa de casamento. O governo LHS jogou-se nos braços musculosos e endinheirados dos empresários representados pela Fiesc. Teve abraços, beijos e juras de amor eterno. Coisa linda. LHS não vai fazer nada, nem viajar ao exterior nem aprovar incentivos sem ouvir a Fiesc. Não é mesmo um casamento de papel passado?


DOIS PRA LÁ, DOIS PRA CÁ – A vida política pode ser, às vezes, muito romântica. As aproximações se assemelham muito àquelas que a gente assiste, na primavera, entre casais e grupos de diversas espécies. Os movimentos podem se dar em sofás adornados com anjinhos (seriam cupidos?), ou o namoro pode se dar como entre os pássaros (no caso, tucanos).
E assim a vida segue...



[Como sempre, se tiveres alguma dificuldade para ver as fotos ou ler o convite acima, é só clicar sobre eles (as fotos ou o convite), que se abre uma ampliação]

================================
TIO CESAR TIRA FÉRIAS!
A partir de segunda-feira esta coluna entra em férias. Por alguns dias, que eu tentarei espichar e minha chefe encurtar, ficarei fora do ar. Volto em algum dia de dezembro, ou a qualquer momento, se ganhar na mega-sena (para contar o que farei com a grana).

Descansado (ou ainda mais cansado, porque quando as férias são boas a gente não para), tentarei fazer um segundo ano da coluna com mais informações e mais bobagens. Até a volta. Divirtam-se.

4 comentários:

Ilton disse...

Bom divertimento para você também. Poderia ganhar um pouco do seu tempo atualizando o Carta Aberta. Um abraço.

Anônimo disse...

Seu blog é uma das boas leituras diárias que nós temos. Espero que nós, seu leitores, não soframos nenhuma crise de abstnência no período. Boas férias e bom divertimento!

Anônimo disse...

tio César...boas férias...volta logo!!

abraço,
Thiago Duwe
Estudante

Maurício Berka disse...

Cesar

Não se trata de pressão, porém, esperaremos ansiosos pelo teu retorno.
Dês notícias do dia de tua volta para que possamos nos programar a visitar esta coluna (blog).
Compres um cartão de memória maior para a máquina fotográfica e nos presenteie com registros de teu aguçado olhar sobre coisas interessantes que vires no "Dolce Far Niente".
Por falar em ociosidade, recomendo a leitura do "post do Guto", que aborda o tema e reproduz um texto do malandro Marcos Valente (mesmo sobrenome teu), escrito no século 19.
Boas férias.