sexta-feira, 20 de julho de 2007

Sexta

SEUS INGRATOS!
Só porque o presidente Lula teve que ficar de resguardo, longe das câmeras e microfones por conta de uma delicadíssima cirurgia de terçol, os maledicentes da oposição ficam espalhando que ele não tem o que dizer sobre o desastre da TAM. E outros, ainda mais venenosos, estão colocando no governo uma culpa que, conforme se verá (um dia), Lula não tem.

Em defesa do presidente, recolhi e publico fotos onde ele demonstra não só que sabe dirigir o país (foto abaixo), como também aviões, submarinos e várias marcas de carros e caminhões. Não tem sentido afirmar, portanto, que o País, com Lula na direção, está sem rumo.

(Na fotinha menor à direita, Lula experimenta um quepe de comandante da TAM, sob o olhar embevecido do ex-primeiro ministro Zé. A foto acima, de março de 2005, no hangar da TAM, mostra, à direita, o presidente da empresa, aplaudindo as manobras que Lula ensaia com a maquete do Airbus. Os fãs do Lula podem ver melhor as fotos: é só clicar sobre elas que se abre uma ampliação.)

Lula preocupado com a governabilidade.

Pronto para pilotar o ERJ 145 do Correio Aéreo Nacional

Pronto para pilotar um Fiat, sob o olhar atento do Aecinho.

Pronto para pilotar um submarino.

Pronto para pilotar uma baratinha da polícia rodoviária.

Pronto para pilotar um caminhãozinho Hyundai, da Caoa.

Reflexão de última hora, e que ninguém nos ouça: um cara que é aplaudido até quando brinca de aviãzinho ou senta, de brincadeirinha, ao volante de um carro de polícia, tem toda razão em ficar magoado com as vaias orquestradas (no sentido de afinadas, no tempo certo e bem ritmadas) do Maracanã.

8 comentários:

marcello disse...

Prezado Cesar
Dizem que amanhã (sexta-feira) Lula fará um pronunciamento à nação (só não se sabe a hora...)

mauricio disse...

Cesar.

Sensacional essa montagem de hoje em sua coluna. Você consegue eficiência na comunicação, com muitas ou poucas palavras.

Quem tem miolos sabe que o Lula nunca governou este país.
Essa tarefa sempre esteve aos cuidados dos irmãos petralhas, que apesar de flagrados e afastados dos cargos que exerciam, continuam dando pitacos.
Não consigo entender como essas manobras óbvias de populismo convencem tão facilmente parte relevante da nação a ponto de levá-lo à reeleição e mantê-lo, ainda, com apoio de boa parcela da população.
Que mágica é essa que consegue esconder da luz as graves falhas na administração do Estado, a ponto de de nos deixar a um passo do caos em praticamente todos os segmentos (saúde, educação, suprimento energético, etc.)?

Carlos Andrade disse...

César,

Que é que está acontecendo com o concurso de taxistas na capital? Você não abordou isso por aqui ainda né? Eu não entendi nada quando vi, ontem na TVCOM, um advogado que passou no concurso mas não iria, desde antes de se inscrever, ser o condutor do taxi. O concurso virou mercadoria de barganha? Eu realmente estou um pouco por fora do que está acontecendo...

Abraços

Anônimo disse...

CESAR.
CONCORDO COM O MAURICIO.
NÃO CONSIGO ENTENDER COMO PESSOAS INTELIGENTES AINDA APOIAM ESSE (DES)GOVERNO.
DESDE O ANO PASSADO SÓ DÃO DESCULPAS TAIS COMO "AGORA ESTÁ APARECENDO A ROUBALHEIRA PORQUE A POLÍCIA FEDERAL NUNCA APUROU TANTOS CASOS", ETC".
O INTERESSE DO GOVERNO SEMPRE FOI COLOCAR SEUS APADRINHADOS EM LOCAIS COM UM BOM ORÇAMENTO (PRA QUE??) E DEU NO QUE DEU.TRABALHAR PARA MELHORAR AS COISAS, NEM SE FALA!!!
E A VIDA SEGUE.....
ANTONIO CARLOS

Anônimo disse...

Caro Cesar
Respondendo ao questionamento do Mauricio, o Lula foi reeleito por pura falta de opção. Aliás, falta de opção é o que mais os brasileiros têm ultimamente. Ou vocês acham que o Alkmin iria ser muito diferente?
Ass. Gefferson

Zé Miguel disse...

Bem..meu caro..se essa é a maneira que você encontra de construir a crítica só me resta lamentar. Enquanto a jocosidade tímida e falsamente ácida grassarem em seu texto, a retidão e a seriedade de outrora darão lugar a um pastiche, a uma piada a mais. Certamente há, e nós leitores merecemos isto, maneiras mais jornalísticas e, veja bem, opinativas de tratar este assunto. Aguardo esperançoso.

Cesar disse...

Ô Zé, não sei se entendi direito. Reclamas do jeito que tratei Lula neste post? É, eu também achei que tava fraquinho. Deveria ter sido mais ácido, mais pesado.
Mas, em todo caso, “jocosidade falsamente ácida” soou meio ofensivo. A acidez que eventualmente tenha transparecido não tem nada de falsa. E quem disse que piadas, sarcasmo, bom humor, não podem revelar retidão e seriedade? Ah, só pra deixar claro: uma coluna de opinião tem pouca coisa de jornalismo. Crônicas e opiniões fazem parte do conteúdo de muitos veículos jornalísticos, mas devem ser lidos exatamente como são: a visão particular de alguém, com sua posição própria diante da vida e dos fatos. O relato jornalístico é outra coisa: supõe a apresentação (o mais desapaixonada possível) de informações.
Sei que muitos colunistas gostam de ser chamados de “jornalistas”. Mas eu só me considero jornalista quando edito um jornal, uma revista, ou apuro e escrevo uma reportagem. Quando faço esta coluna, sou apenas um humorista de terceira, um palpiteiro, tentando extravasar a desilusão que me vai n'alma. Mas, sempre, sem falsidades, sejam elas ácidas ou edulcoradas.

Anônimo disse...

O que o Dirceu tem a ver com a TAM ?

Interesses ?

Se era ex-ministro, o que estava o cretino lá fazendo ?