quarta-feira, 11 de julho de 2007

Quarta

A VIDA É BELA
Luiz Henrique e Dário passaram horas agradáveis, no último dia de passeio pela Europa. LHS é sempre muito gentil e generoso, nunca deixa de dar presentinhos para as pessoas que visita (foto acima). O Dário, pra não ficar atrás, deu uma caixa para o representante da TAP (foto mais acima), que era maior que o saquinho verde do LHS. E todos riram bastante. Nada como se afastar dos problemas paroquiais, das intrigas palacianas, das futricas, para recuperar o bom humor.

E já ia colocando um ponto final na nota quando vi, ao fundo da foto, um rosto conhecido: a Mônica Corrêa, assessora de imprensa da Codesc (do Içuriti, lembram?). Ah, então ela também está na comitiva! Deve ser por isso que até agora não me mandou aquele material, explicando a posição do governo catarinense em defesa dos jogos de azar.

Quanto à viagem, imagino que ela deve ter ido junto porque um dos passeios da comitiva era a visita ao Cassino de Veneza. E aí, é claro que precisava ter alguém da Codesc e o Içuriti, até onde a gente sabe, não foi.

DEPOIS DA MP, A ME
As “medidas provisórias” editadas pelo presidente da República são uma praga e vivem atravancando as votações no Congresso. Criadas para serem um instrumento excepcional, para ser usado com parcimônia e critério, viraram um recurso corriqueiro a que o governo recorre várias vezes por semana.

Pois o deputado Djalma Berger (PSB), anunciou ontem que começou a tramitar uma proposta de sua autoria criando as “MEs”, que são Medidas Especiais, em tudo semelhantes às MPs, só que para uso de governadores e prefeitos. A praga se alastra.

Tal como no caso da MP, a ME é criada com recomendação de só ser usada excepcionalmente em em situações muito especiais, que requerem uma ação urgente do executivo.

E tal como aconteceu com o presidente, prefeitos e governadores se tornarão legisladores, editando MEs pra tudo quanto é situação.

RENAN AMEAÇA

A gente já viu esse filme. O acusado de alguma irregularidade, parte para o ataque, revelando podres de seus pares e acusadores. Como se institucionalizou na República Lulista, ninguém é culpado, se seu delito já foi cometido por outra pessoa ou se outra pessoa cometeu delito pior.

Presidente do Senado, Renan sabe muita coisa sobre praticamente todoso os senadores. E ontem Renan disse, com todas as letras: “pra me tirar, vão ter que sujar as mãos”. Uma espécie de ameaça (ou premonição) que soou como uma chantagem às claras.

VIAJANDÃO

O ex-presidente da Santur e ex-presidente da Câmara de Vereadores, Marcílio Ávila, por meio de seus advogados, entrou com um mandado de segurança dia 29 de junho, informando ao juiz que “estava na iminência da votação, em Plenário, da proposta de cassação”. No dia seguinte, como se nada de grave pudesse acontecer, viajou para os Estados Unidos.

Na volta, com uma cara triste de menino injustiçado, reclamou que não teve direito à defesa e entrou com um pedido de anulação do processo. O juiz, que não é tolo, notou (e escreveu na sentença) o detalhe e negou o pedido.

Um sujeito que sabe que poderá ser cassado, sabe que o processo está em andamento (e andando rápido) e embarca para os Estados Unidos, é porque não quer se defender. Ou, como disse o juiz, “parece que foi uma estratégia para criar nulidade”.

BLOG DE OPOSIÇÃO

Aqueles que gostam de acompanhar as disputas, debates e discussões políticas, encontram, no Blog do Vieirão (vieirao.com.br) uma mesa farta. Naturalmente, como o Vieirão é o ex-deputado Antônio Carlos Vieira, do PP, ali é uma casa onde os governos estadual e municipal (a base do Vieirão é Florianópolis) não têm trégua.

Como é bem escrito e o autor procura ser didático e não excessivamente panfletário, a gente não precisa ser pepista de carteirinha pra encontrar ali informações e provocações interessantes e até úteis.

Sinto falta, para termos um contraponto que mantenha o debate e aqueça a temperatura, sem baixar o nível, de um blog equivalente que defenda o governo. Tem alguns sites, como o da bancada do PMDB, que parecem meio engessados e excessivamente formais. E alguns deputados, como o Cesar Souza Jr,. têm blogs muito direcionados para suas próprias campanhas e seus eleitores. Se vocês souberem de algum que valha a pena visitar, por favor me avisem.

QUE MEDO!

A gente já pensa duas vezes antes de chamar a polícia ou de ir a uma delegacia registrar uma ocorrência por causa dos transtornos que a falta de gente, de equipamento, de treinamento, de tudo, causam. Pois agora terá que pensar três vezes. A Secretaria de Segurança do estado quer criar novas taxas e aumentar bastante várias delas.

A bancada do PP fez um auê e aparentemente o tarifaço ficou para o segundo semestre. Mas é só uma questão de tempo, porque o governo tem maioria na Assembléia. E tem um rombo no caixa. Como naqueles filmes ruins que repetem sempre o mesmo enredo manjado, a única saída que os governos encontram é aumentar impostos e taxas. No fim, a gente sempre morre com algum.

6 comentários:

Anônimo disse...

Cesar,

Olha só o informativo que está no "site" da CODESC, www.codesc.sc.gov.br
Ah, olha a data que foi tomada a medida. Vê se você não lembra o que aconteceu no dia anterior.
Quem tem, tem medo.

mauricio disse...

Comentando o post Depois da MP, a ME.
Apesar de ter perdido em plebiscito, a monarquia restou-se instalada no país com as Medidas Provisórias (que nunca foram provisórias, tal qual a CPMF).
Agora, querem restabelecer os Feudos com as Medidas Especiais.
Pois é, estamos retrocedendo à Idade Média.
Preparemo-nos para as "Santas" Inquisições, pestes, muita miséria e tudo de ruim que havia naquela época.

Como poderemos ter esperança de avanços com esta leva de políticos bandidos que temos, tanto no legislativo como no executivo?

Que aprendamos a votar ou que Deus tenha piedade de nós!

Carlos Damião disse...

Sobre blogs que defendam governos: é muito difícil, nós sabemos. Nem os jornalistas que trabalham nas assessorias de imprensa dos órgãos governamentais têm coragem de escrever [se o fizerem, querem ficar anônimos]. Já passei por blogs que defendem o governo de Lula. São todos horrorosos. Mentirosos. Mistificadores.
Abraço do Damião

Anônimo disse...

Apesar de ter mais de 30 anos de idade, ainda fico admirado com a desfaçatez com que viajam pra cima e pra baixo (do globo terrestre, é calro!)os nossos políticos catarinenses e seu séquito de apaniguados, fazendo turismo com o nosso dinheiro. Nem dão mais satisfação do possível interesse publico que envolveu a viagem e no retorno que isso trará para a Santa e Bela Catarina...

Anônimo disse...

O mais impressionante é a incrível coincidência que envolve as viagens do governador. Vocês vêem? Não é que esta missão oficial coincidiu justamente com o casamento da filha dele na Europa? Vai ter sorte assim lá longe, né não?
Marcelo Santos

Anônimo disse...

E o mundo se curva...

Viram o destaque de Santa Catarina na mídia nacional esta semana?

A Folha de São Paulo deu uma página às acusações contra o prefeito Dário Berger e a Carta Capital trouxe uma pérola sobre o festival de Ravello:

"Presente ao evento com ampla delegação, o governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira, disse estar decidido a importar Inma Shara e a inaugurar, em abril de 2008, um festival idêntido em Florianópolis".

É isso aí. "Ampla delegação".

Em tempo: Inma Shara é descrita pela revista como uma bela maestrina basca.