sexta-feira, 12 de maio de 2006

SEXTA

Olha só, vê se aquilo que o Lula está segurando não parece um cigarro? Ele não tinha deixado de fumar? Ah, se a dona Marisa sonha...

LULA FAZ QUEIXA
Ontem, ao chegar à reunião de Viena, o presidente da Venezuela, Hugo Chavez, mandou um recado aos brasileiros que estão pressionando o presidente Lula. O amigão do Lula não quer nem saber: pra defender o pobre operário acuado, mete-se em assuntos internos do Brasil como se isto aqui fosse uma casa de Irene. E vai ver que é mesmo.

Mas nem acho que o Chavez seja assim tão culpado neste caso: ele certamente só agiu porque Lula deve ter chorado no ombro dele, queixando-se das acusações infundadas que as oligarquias vivem divulgando só para deixar mal seu partido e seu governo.

Assim como o “Sílvio Não Sei” afirma que não sabe se o que ele diz é verdade, “Lula Não Sei” também não sabe por que só tem saído notícia ruim sobre seus amigos mais chegados. O jeito foi pedir ajuda externa ao Chavez, que é o sargentão do trio e choramingar no colo do Evo Morales, que é aquele que chuta o balde.

A punição para as oligarquias brasileiras malvadas já está sendo desenhada: vão deixar a Petrobras sem indenização. Pelo menos é isso que se entende das bravatas ditas ontem pelo marido da Eva, o Evo, em Viena.

OS HOMENS DE PRETO
Mesmo interino e “em exercício” o governador 2, o Dr. Moreira, já tratou de colocar seu pessoal (a maioria de Criciúma) em postos estratégicos do Centro Administrativo. Segundo os servidores de carreira, é facílimo reconhecer a turma do Dr. Moreira: eles andam sempre de ternos pretos.

“São gentis, educados, cumprimentam todo mundo, mas são os próprios MIB”, disse uma servidora, fã dos filmes dos homens de preto (que cuidam dos extraterrestres).

Já o governador 1, o LHS, está montando sua estrutura de campanha. Já tem, a seu serviço, uma frota de automóveis Astra, da Chevrolet.

O GRANDE SEGREDO
O jornal do Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina publica uma informação sobre um processo de paternidade envolvendo o Desembargador Jorge Mussi. Segundo o jornal, um jovem de 23 anos luta para provar, na Justiça, que Mussi é seu pai. E mesmo Mussi tendo se recusado ao teste de DNA (o que pode ser tomado como admissão de paternidade), a decisão continua sendo protelada.

O sindicato citou a história para questionar por que certos assuntos cabeludos como este não são publicados nos jornais. Dizem que jornalões catarinenses e nacionais não quiseram falar na história, provavelmente com medo das repercussões.

IMPERDÍVEL
Amir Klink faz palestra às 15h no Centro de Eventos da UFSC, sobre planejamento estratégico, gerenciamento de risco e trabalho em equipe. É uma espécie de aula magna do Centro Tecnológico, para abrir o semestre letivo.

DEPOIS O LOUCO SOU EU...

O deputado Duduco afirmou, na tribuna da Assembléia, que não tem nada a ver com as creches do Duduco. /// O deputado Benedet (ex-secretário de Segurança), afirmou, na tribuna da Assembléia, que a lentidão nos serviços do Detran é por causa da informatização. /// Garotinho deixou escapar que fraudou sua greve de fome, tomando água de côco.

RAPAZIADA ANIMADA
Os jornalistas de Criciúma inventaram um negócio muito legal chamado Fórum de Debates em Jornalismo. Todo mês cada um dá um troco e eles pagam, com isso, a passagem e a hospedagem de convidados que vão até lá conversar com eles. É um fantástico programa de educação continuada, realizado espontaneamente, sem a participação de sindicato, universidades ou coisas desse tipo.

Como milhares de jornalistas do mundo todo, eles estavam muito curiosos para conhecer um pouco melhor o DIARINHO. E aí, na noite de quarta-feira, levei exemplares do jornal e contei um pouco da história, usando vários textos escritos pelo próprio Dalmo Vieira.

Acima, a turma lê o jornal, pouco antes de começar a palestra. Na foto abaixo, estou cercado pelos organizadores Gilvan de França, Andressa Fabris e Sandro de Mattia e atrás do novo logotipo do Fórum.

Um comentário:

sabina disse...

Gostaria de obter maiores informações sobre a autora da foto.