domingo, 4 de janeiro de 2009

Piada sem graça

Esta “piada” está circulando por e-mail há algum tempo. Seria engraçada, não fosse sua apavorante plausibilidade. A toda hora a gente fica sabendo de empresas que venceram licitações e subcontrataram outras para executar a obra. Por mais que se saiba que a anedota é apenas uma anedota, fica sempre um gosto amargo no desconfiômetro...
“Um prefeito queria construir uma ponte e chamou três empreiteiros: um japonês, um americano e um brasileiro...

- Faço por US$ 3 milhões - disse o japonês:
- Um pela mão-de-obra.
- Um pelo material.
- E um para meu lucro.

- Faço por US$ 6 milhões - propôs o americano:
- Dois pela mão-de-obra.
- Dois pelo material.
- E dois para mim... mas o serviço é de primeira!

- Faço por US$ 9 milhões - disse o brasileiro.
- Nove paus? Espantou-se o prefeito. Demais! Por quê?
- Três para mim.
- Três para você.
- E três para o japonês fazer a obra.

Negócio fechado! Respondeu o prefeito.”

18 comentários:

Amilton Alexandre disse...

Tio. Será que aquele consórcio que está restaurando a Hercílio Luz não é japonês ?

Anônimo disse...

Cesar,
Você não está insinuando que a empresa Radial Engenharia, que é do irmão-prefeito do prefeito, possa estar sendo beneficiada nas obras da Capital, não é ?
Que é isso César ? Só por que naquele processo da Beira-Mar de São José o Tribunal de Contas da União, por unanimidade considerou que a Radial foi beneficiada por superfaturamento e condenada a devolver "solidariamente com os irmãos Berger", R$ 303,7 mil referentes a assinaturas de aditivos que, segundo o TCU, provocaram significativo desiquilíbrio econômico-financeiro do contrato ?
Só por que nos contratos de pavimentação de ruas da Capital a Radial sempre é sub-contratada e até a operação tapa buracos em Florianópolis, que antes era feita pela própria prefeitura, agora é feita pela empresa Radial ?
Quanta maldade, insinuar que essa piadinha poderia ser aplicada em Florianópolis !
Imagiiiiine !

Wilmor Henrique disse...

Piada ou transcrição de gravação?.

Anônimo disse...

PIADA?
Strix.

Anônimo disse...

tio cesar tu ja leu o medaglia hoje?
Tens q ir la ler...c/ o perdã o da palavra mi mijei de tanto rir do rallye dele na 101.kkkkkkkkkkk






abraços
teu leitor

Anônimo disse...

Tio cesar li agora no Azevedo:

Clima de guerra em Joinville


Quem comparecer à reunião convocada pela executiva municipal do PMDB de Joinville, nesta segunda-feira, deve ir preparado. Pois, o clima não será nada agradável.

Os peemedebistas estão espumando depois que a presidente da sigla, vereadora Tânia Eberhardt, não emplacou a presidência da Câmara. As acusações são feitas em várias direções. Contra o deputado federal Mauro Mariani, candidato a prefeito pelo PMDB em oputubro passado, que, segundo os correligionários, não se empenhou para segurar o PSB do seu vice, José Aluísio Vieira, o Dr. Xuxo, e, por consequência, o irmão dele, o suplente de deputado José Carlos Vieira (DEM). Ele ocupará a vaga de Mariani na Câmara.

Também acusam o DEM e o PSDB de atrapalharem a eleição de Tânia, em uma espécie de revanche por boa parte do partido ter apoiado o petista Carlito Merss, no segundo turno.


Renato

Anônimo disse...

tio cesar li agora no paulo alceu....
q absurdo desse governo....
Também vem de Palhoça a reclamação de que foi extinto o Grupo de Resposta Tática. Alegam que houve represália do Comando da PM devido a greve de dias atrás, interrompida temporariamente. Já que policiais que integram esse grupo participaram do movimento.

Lia

Anônimo disse...

esse foi um post q li!!!
Apagão
Realmente, fazem propaganda para o turista vir a Santa Catararina, mas o que eles encontram aqui é uma terra "FARTA", falta tudo em Florianópolis. Absurdo a praia da Joaquina e um pedaço da Ilha ficou sem energia elétrica 24hs, ligava-se para Celesc quando atendiam diziam falta de pessoal técnico. NA VERDADE ERA UM APAGÃO. LAMENTAVEL QUE VERGONHA PARA FLORIANÓPOLIS!!!!!!!!!!


Marco

Anônimo disse...

Mas que é isso, Marco ?
O governador assegurou e a SANTUR divulgou que Santa Catarina estava preparada para receber os turistas !
Estás contestando o Luiz 15 ?
Cuidado ! quem contesta o Dom Luiz 15 sofre represálias, hein !

Anônimo disse...

Amilton Alexandre !
O consórcio da ponte não deve ser japonês, pois japonês costuma executar o que promete !
Alí o consórcio deve ter sido 30% pro Luíz, 30% pro Daríu e 29,9999999999% pra fazer o foguetório de fim de ano (que dizem que é chinês)e 0,0000000001% prá pagar o enterro do morto pelo rescaldo do foguetório !

Anônimo disse...

Eu não acredito nessa história da empresa Radial Engenharia, eu não acredito. A câmara municipal não tem oposição? a Comarca não tem Ministério Público? O Tribunal de Contas não vê isto? Isto é crime. Tem que ser apurado esses fatos. Agora mais uma vez se percebe porque essa loucura dos bergers no tapete preto. faturam dobrado

Anônimo disse...

pois é o pior q se tá vendo é q as obras do prefeito tão se desmanxando td,kkkkkkkk tenho lido q parte das obras q ele fez estão ruindo...

Anônimo disse...

tio cesar li no damião num post mas é nota do Cesar Laus Disse:
05/01/2009 às 12:02

Damião,

Tá no Vieirão ; LHS, se for cassado, assume o Amin. Assim, ele pode assumir dois mandatos - governador e prefeito.

Pra quem não tem nada, ele pode ter tudo.

O interessante é que ele pode assumir como governador, renunciar, fica o vice, e assumir como prefeito. é mole? hehehe Dá matéria e das boas.

Abs

Anônimo disse...

Se o que li acima é verdade, as obras feitas por essa gente não pode durar mesmo ou eles não fazem questão que dure. Primeiro eles querem que o povo fique feliz com um filete de asfalto, depois, se a obra é boa e durável, como que vão faturar mais para empresa deles? Assim, eles recebem duas vezes: ao fazer uma obra pela metade e depois para recuperar. Estão certos os bergers, o povo que os elegeu que se dane mesmo. Quem manda serem idiotas. Idiotas? Eu não, eu não votei nesses caras de São José, digo, de Bom Retiro.

Anônimo disse...

Isso na administração pública é tão comum. Eles, administradores, fazem mesmo porque tem a plena convicção da impunidade. A impunidade garante a realização dos superfaturamento. Existe nas empresas uma lista e os prefeitos são chamados pelo percentual de comissão. Esse é 10%, aquele é 8% aquele é 12% e, assim por diante. E depois dizem doei minha vida para a comunidade. Poupem o povo trabalhador com tamanhas falcatruas......

Anônimo disse...

Imagina se o contrato for para "tecer" tapetes pretos!?!?!?!

Anônimo disse...

Se tem gente que não acredita nessa história da Radial é só ver o acordão do Tribunal de Contas da UNIÃO, que se refere apenas sobre a parte do recurso federal (PROINFRA) na obra da Beira-Mar de São José.
O resto ? Ah ! O resto o Tribunal de Contas do Estado não viu, alegando que ninguém denunciou e o Ministério Público não deve ter tido tempo de procurar ver !
Isso sem contar que, além do Carnaval, areia para obras públicas na Capital, agora é só com o Cavalazzi !!!
Provas ? háháhá ! Eles são profissionais e não deixam rastro.
Quem poderia denunciar não vai querer perder a sua parte na "boquinha" ! É o chamado "esquemão" !

Anônimo disse...

Teve um anonimo aí que falou que o Amin pode assumir o Estado. Se enganou, primeiro porque acho difícil de cassarem o LHS e depois se acontecer, como já passou da metade do mandato a nova eleição seria pela Assembléia Legislativa, e não nova eleição popular direta, ou seja, provavelmente o Dep. Júlio Garcia seria o agraciado pelos acertos políticos.